Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Premiere de Source Code em Nova York

Um comentário

Jake Gyllenhaal, Michelle Monaghan e Duncan Jones na premiere do filme Source Code em Nova York:










Para ver mais: IHJ

Leilão da New Eyes

Antes da premiere, Jake Gyllenhaal foi o anfitrião do leilão beneficente da New Eyes For The Needy:








Para ver mais: IHJ

Source Code em Nova York

Nenhum comentário

Entrevista com Jake Gyllenhaal no The Dayle Show with Jon Stewart. Infelizmente ainda não tive tempo de ver, mas a Paula viu e fez um resumo:

Jon Stewart diz que está preocupado com o Jake porque ele não tem namorada e depois diz que existe uma rapariga na audiência que tem uns 14 ou 18 anos e quer casar com ele( foi piada com a taylor) e na lata pergunta se ele é solteiro, namora ou está procurando alguém

O Jake responde que está um pouco preocupado com tanto interesse da parte do Jon, e ele diz que só quer o melhor para o Jake e continua a perguntar se alguma vez ele viu uma mulher por quem se apaixonasse de imediato e que quisesse passar o resto da vida com ela.

O Jake muito serio responde que sim e depois de uma pausa diz " no momento em que nasci e vi a minha mãe", o publico fez todo "ahhhhhh". Que coisa mais linda.

Segundo uma outra fã, Jon diz que Jake se apaixonou pela mãe pq ela o deixou chegar à "segunda base"(espero que tenham entendido).

Um pouco perto do final, ele fala que Jake está recebendo muitos elogios por sua atuação em Source Code.

Vídeo da entrevista:



Fotos

Deixando o Hotel a caminho do The Dayle Show:



Após a entrevista, Jake assinou autógrafos para os fãs:





Para ver mais: IHJ

Entrevista com Jake no Good Morning America(entrevista ocorreu esta manhã):





Entrevista ao jornal The Independent

Se tivesse oito minutos para viver... "Eu acho que se eu estivesse nessa situação, me reuniria com a minha família e não seria para pedir desculpas, mas seria, espero, para ter uma boa risada. Para ouvi-los rir, porque adoro fazer isso com minha família. E se esses oito minutos viesse agora, seria, 'Desculpe, eu tenho que ir. Vou ter que cortar a nossa pequena entrevista ", ele ri.

Sobre atuar mais uma vez em um filme sobre viagem no tempo(Donnie Darko foi o primeiro): "Eu sou fascinado pela noção de tempo. Eu realmente amo esse assunto", diz o ator. "Para mim, este filme, filosoficamente, é uma representação da idéia de que temos pequenos nascimentos e pequenas mortes todos os dias. Se prestarmos atenção a eles, podemos crescer. "

Sobre o amor: "O que eu acredito no amor é que, se é com sua família, seja com alguém que você se apaixonou e tem um relacionamento ou qualquer que seja, é tudo sobre como ser visto. É tudo sobre alguém dizendo: "Vejo você. Eu vejo quem você é. Eu amo quem você é. Eu aprecio quem você é".

Sobre Duncan Jones: " quando ele está no set, ele me lembra alguém como Ang Lee. Ele é quieto, ele dificilmente diz uma palavra. Ele é estranhamente confiante desta forma, onde ele permite às pessoas ser eles mesmos e então finalmente você percebe que você está no seu vórtice! Ele realmente capacita seus atores. Eu respondi a sua confiança como um visionário com Lunar - Eu podia sentir isso no filme - e porque eu também tenho um certa quantidade de experiência, houve uma camaradagem real entre nós dois. Duncan e eu tínhamos que estar quase em sincronia, porque você vê a história através do personagem que eu estou interpretando, por isso, se ele fez uma escolha eu tinha que mudar por causa dessa escolha, nós não podíamos desviar das escolhas um dos outros.

A questão é que, como diretor, Duncan se sente como um contemporâneo, mas ao mesmo tempo, ele é tão responsável quanto alguém como Ang Lee ou David Fincher e Sam Mendes ou alguém com quem trabalhei, que é uma qualidade rara para um jovem cineasta em um segundo filme. "

Sobre Brokeback Mountain: "Muitas vezes, o mais maravilhosos filmes interessantes não são exatamente divertido de fazer. Um dos processos mais difíceis que eu passei - e eu diria que todos os atorer iriam concordar com isso - e que não foi uma tonelada de diversão em Brokeback Mountain. No entanto, nós nos amávamos sobre esse filme tanto que estamos todos ainda próximos e vamos ser para o resto de nossas vidas. Além disso, se esse filme teria sido bem sucedida ou não, financeiramente ou qualquer outra coisa, ainda havia algo especial sobre ele, mesmo não se sentindo bem na época."

Fonte: The Independent

Novas entrevistas

Nenhum comentário

Duas novas entrevistas com Jake Gyllenhaal:



Em entrevista ao Cineplex, Jake falou sobre seu padrinho, o ator Paul Newman:

"[Paul Newman] foi um mentor na minha vida. Estou à procura de mentores, para me mostrar as coisas o tempo todo. O que é ser uma boa pessoa? E o que é ser um homem bom? Isso é uma questão muito importante, e não é algo que você pode fazer, é algo que você pode sentir. Eu sinto que estou caminhando para me conhecer, e estar confiante em mim mesmo."

Sendo um ator desde criança, Jake fala qual é o segredo de seu sucesso:

"Eu acho que fiz escolhas que foram baseadas no que eu acredito serem interessantes e não o que outras pessoas estavam me dizendo sobre o que um adolescente deve estar passando", diz ele. "Eles estavam um pouco trippier e talvez um pouco mais escura do que o que é geralmente interpretado como adolescente. E talvez essas escolhas também foram um pouco mais honesto."

O que ele faria se soubesse que tinha apenas oito minutos de vida

"Eu chamaria minha família, e realmente riríamos, provavelmente. Eles sabem que eu os amo."

Fonte: Cineplex


Em entrevista à Ana Maria Baiana:

Ana Maria conversou com Jake Gyllenhaal e Duncan Jones em Los Angeles:

"Fiquei imediatamente impressionado, não conseguia parar de ler", Gyllenhaal conta[sobre quando leu o roteiro]. "Nas primeiras 10 páginas eu não tinha a menor ideia do que estava acontecendo".

O que está acontecendo, como os espectadores descobrirão, é uma tentativa de capturar um terrorista através de viagem no tempo: a consciência do capitão vivido por Gyllenhaal sendo transferida para o corpo do passageiro de um trem a caminho de Chicago, oito minutos antes da explosão da bomba que matou todos a bordo. Sua missão: identificar o responsável e descobrir seu modo de ação a tempo de impedir um segundo ataque.

"Quando Mark me pediu que sugerisse diretores, eu imediatamente pensei em Duncan Jones", Gyllenhaal conta. "Precisávamos de alguém com uma compreensão profunda do potencial emocional do texto, para termos um bom filme."

Jones, que se chamou Zowie até os 18 anos, é o filho de David Bowie e Angela Barnett, que virou sensação em 2009 com seu filme de estreia, "Lunar". "Eu estava divulgando 'Lunar' em Los Angeles e, ao mesmo tempo, procurando fazer o máximo de contatos com pessoas da industria", Jones recorda. "E no fim foi Jake que me achou. Como sempre fui fã de "Donnie Darko", me senti honrado".

A alquimia foi perfeita - o projeto caminhou em tempo recorde e, em questão de meses, Jones estava dirigindo Gyllenhaal através de um complicado sistema wireless, com o ator trancado num cenário suspenso por um sistema de polias e alavancas, na frente de uma tela verde sobre a qual seriam adicionadas, depois, as imagens que criariam a sensação de um trem em movimento.

"Era algo tão estranho que me ajudava a permanecer no personagem", diz Gyllenhaal. "Meu personagem era o único que podia variar suas ações a cada nova versão dos oito minutos, e Duncan e eu nos divertimos muito trabalhando essas pequenas nuances da interpretação".

Num toque tipicamente Duncan Jones, o diretor alertava Gyllenhaal para o começo de cada tomada através de um fone embutido em seu ouvido, que tocava músicas em climas diferentes dependendo do espírito da cena. "Às vezes era metal, as vezes era eletrônica, às vezes era o coral de meninos da Armênia", Gyllenhaal conta. "Sempre uma surpresa surreal. Exatamente como nosso filme".

Vc pode ler o artigo completo aqui: UOL


After Part

Jake Gyllenhaal e seu pai, Stephan Gyllenhaal, na festa de Source Code em Los Angeles:



Para ver mais fotos da festa: IHJ

Em Nova York

Jake Gyllenhaal foi fotografado no momento em que chegava à Nova York. Ele está na cidade para a divulgação de Source Code:





Para ver mais: IHJ

Nova data de estreia para Source Code no Brasil

Nenhum comentário



Mais uma vez vamos esperar alguns meses para ver o novo filme de Jake Gyllenhaal nos cinemas. A imagem Films divulgou uma nova data de estréia do filme Source Code nos cinemas brasileiros: 17 de junho.

Fonte: Imagem Filmes

Premiere

Entrevista com Jake Gyllenhaal no tapete vermelho da premiere de Source Code:

Para Ben Lyons:

Além de falar do filme, Jake respondeu a Ben Lyons que, assim como seu personagem entra no corpo de uma outra pessoa, ele gostaria de voltar e viver os últimos oito minutos de vida do ex-presidente americano Abraham Lincoln.

Jake diz também que está pensando em comprar uma casa em Nova York, que seu próximo papel será o de um policial de Los Angeles(em End of Watch) e que Adam Levine é melhor do que ele no boliche(os dois foram vistos jogando boliche no fds):



Assinando autógrafos:



Fotos da Premiere:

Ao lado do diretor Duncan Jones:


Ao lado do ator Jeffrey Wright:




Fonte: Gyllenbabble

Conan O'Brain

Antes da premiere, Jake Gyllenhaal foi um dos entrevistados do Conan O'Brain. Eu ainda não assisti a entrevista, mas a Paula da comunidade do Jake no orkut fez um resumo do que ele falou:

Ontem foi para o ar a entrevista que o Jake deu ao Conan, não é tão divertida como a do Kimmel,mas é divertida de ver.

Ele contou que na altura que usava aquela barba enorme sentia que fazia parte de uma irmandade de barbudos, que sentia um elo de ligação com o resto dos barbudos e contou que certo dia foi a um restaurante com um amigo ( tb ele barbudo) e na mesa do lado estava um grupo de barbudos legítimos, daqueles com barba de 25 anos e que um parecido com o capitão iglo( aquele dos douradinhos de peixe) o convidou para se juntar à mesa e elogiou a barba do Jake.

Outra historia engraçada foi que o Duncan colocou-lhe um pequeno auricular dentro do ouvido para passar musica, nas cenas em que o Jake está no comboio e tinha de parecer desorientado, e ele conta que as musicas eram tão estranhas que ele realmente se desorientava, tipo o Duncan passava coro infantil iraniano e depois o smoth operador da Sade no ouvido do Jake e começava a filmar a cena.

A historia da barba tem mais detalhes engraçados, como no final ele diz que as pessoas pensam que quem deixa crescer a barba está a entrar em depressão, mas é apenas o que acontece quando alguém deixa de se barbear.



Obrigada, Paula.

Premiere de Source Code em Los Angeles

Um comentário

Jake Gyllenhaal na premiere de seu novo filme, Source Code, em Los Angeles:





Ao lado de Michelle Monaghan:




Com os produtores:




Para ver mais: IHJ

Vídeo

Em entrevista ao ET, Jake disse que não mudaria nada em sua vida, pq para ele o arrependimento é um grande professor. Se ele fosse voltar no tempo, ele gostaria de impedir uma tragédia:

Primeiras imagens da premiere de Source Code em Los Angeles

Um comentário

Primeiras imagens de Jake Gyllenhaal na premiere de Source Code em Los Angeles:





Fonte: Gyllenbabble

Semana Source Code

Nenhum comentário

Com a estréia de Source Code na sexta-feira nos EUA, algumas entrevistas com Jake Gyllenhaal e Duncan Jones estão sendo divulgadas. Claro que algumas perguntas já foram postadas aqui, como o que fez Jake se interessar pelo projeto e como ele convidou Duncan Jones para ser o diretor, etc.

Para evitar repetição, separei alguns trechos inéditos de uma entrevista ao IFPress.Com:



Ao ser perguntado sobre como é fazer 30 anos: É uma coisa fascinante. Eu sinto que há uma grande confiança que vem com isso, uma verdadeira segurança e equilíbrio e compreensão de mim mesmo e como eu respondo para o mundo.

Profissionalmente, Jake também tem amadurecido em relação aos seus papéis na tela. Refletindo sobre sua própria carreira e colocando Source Code no contexto: como Donnie Darko foi uma metáfora para a infância e para a adolescência, eu acho que esse é uma metáfora para a adolescência até a idade adulta.

O que aprendeu ao fazer 30 anos: "Se há uma coisa que eu aprendi ao completar 30 anos é que eu realmente não tenho uma escolha sobre se eu vou ficar mais velho ou não. Não tenho a intenção de fingir que tenho 15 anos quando eu tiver 40 anos . Mas, por favor, estar ciente que pode haver alguns erros ao longo do caminho.

Sobre bilheteria: Minha experiência tem sido sobre os filmes que mais me orgulho de serem descobertos[pelo público]", diz ele, quando perguntado sobre as chances de Source Code nas bilheterias. "E com um filme, em tom semelhante a este, Donnie Darko, que tornou-se algo muito mais do que inicialmente se imaginava. Acredito que Source Code será descoberto ,independentemente. Tudo o que você pode fazer são os filmes que você acredita e confia no seu instinto. Se é bom, as pessoas irão descobir. E se o filme é demasiado complexo para ser resumido de forma simplista, então essa é a idéia, acrescenta.E spero que as pessoas continuem com questionamentos suficientes para ter uma conversa que dure dias e semanas após vê-lo. Gosto de ver filmes que são incrivelmente divertidos, eu sempre quero voltar e ver novamente e ver se eu posso ver algum elemento novo. Eu só espero que ele abra uma conversa. Todos os filmes da minha carreira que mais me orgulho sãos os que sempre levantaram questões e espero o mesmo para esse.



Fonte: IFPress.com


Duncan Jones agradece apoio de Jake Gyllenhaal



Durante entrevista, Duncan Jones disse que Gyllenhaal foi fundamental no desenvolvimento de seu personagem nos bastidores, e também na obtenção de Jones para o projeto. O diretor disse que leu o roteiro do estreante Ben Ripley a pedido Gyllenhaal, e os dois colaboraram enquanto o filme se desenvolvia.

"Jake e eu tínhamos uma sintonia muito boa sobre a forma como queríamos abordar esse assunto. Fomos capazes de fazer muitas improvisações ", disse Jones. "Nós queríamos clarear o tom do roteiro, e Jake mesmo tinha uma idéia do que ele queria fazer em cada iteração. Meu trabalho era realmente ter certeza de que nós capturamos isso, e levar Jake a fazer algo um pouco mais do que o que ele estava planejando fazer, para que pudéssemos realmente ir aos extremos, às vezes. Tivemos muita diversão com isso. "

Jones dá os créditos à Gyllenhaal para ajudar a facilitar a sua transição do cinema independente para o sistema de Hollywood, onde as vezes produtores e executivos gostam de ter controle sobre tudo. Por exemplo, quando Jones tomou a decisão de injetar mais humor ao script mais simples de Ripley, Gyllenhaal foi o primeiro a apoiá-lo.

"Jake era incrivelmente favorável a mim. Ele veio a mim dizendo que queria trabalhar comigo de uma forma colaborativa, e tentou apoiar o que eu queria fazer ", disse Jones. "Fiquei muito feliz. Ele estava do meu lado o tempo todo. Foi uma curva de aprendizado para mim.

Fonte: dentonrc

Numa velha escola

Na semana passada, ocorreu o Harvard Westlake's Film Festival, que pela terceira vez foi apoiado pela New York Filme Academy. O festival é aberto a estudantes do ensino médio da Califórnia, onde eles mostram seus trabalhos relacioandos ao cinema.

Como um ex-estudante da Harvard Westlake, Jake Gyllenhaal fez uma aparição surpresa, dizendo que espera que esses jovens cineastas venham a dirigi-lo no futuro.



Fonte: NYFA

No boliche

Jake Gyllenhaal foi fotografado no momento em que deixava o boliche, depois de se divertir com um grupo de amigos, entre eles o cantor Adam Levine, em Los Angeles:



Para ver mais: IHJ

Compras em Los Angeles

Nenhum comentário

Ontem, Jake Gyllenhaal foi fotografado no momento em que deixava uma loja de equipamentos para motoclicletas em Los Angeles:






Para ver mais fotos: IHJ


Na festa de seu jeans favorito

Jake Gyllenhaal na festa de lançamento dos jeans Hoyle Jackson na Bloomingdales, que contou com a participação do artista com John Van Hamersveld, na noite sexta-feira, 18 de março de 2011, em Santa Monica, Califórnia:



Fonte: IHJ.


Chega ao Brasil bluray do filme Donnie Darko

Um dos melhores trabalhos da carreira de Jake Gyllenhaal já pode ser visto em alta definição. O Bluray do filme Donnie Darko já está a venda nas lojas e sites especializados de todo o Brasil.



Donnie (Jake Gyllenhaal) é um jovem brilhante e excêntrico, que cursa o colegial mas despreza a grande maioria dos seus colegas de escola. Donnie tem visões, em especial de um coelho monstruoso o qual apenas ele consegue ver, que o encorajam a realizar brincadeiras destrutivas e humilhantes com quem o cerca. Até que um dia uma de suas visões o atrai para fora de casa e lhe diz que o mundo acabará dentro de um mês. Donnie inicialmente não acredita na profecia, mas momentos depois um avião cai bem no telhado de sua casa, quase matando-o. É quando ele começa a se perguntar qual o fundo de verdade na previsão do fim do planeta.

Fonte: Folha e Bluray Center

Jake Gyllenhaal diz que ama seus fãs

5 comentários

Entrevista com Jake Gyllenhaal ao Chicago Sun-Times:



Seus fãs se chamam Gyllenhaalics e não há nenhuma intervenção. Eles só precisam ver seu peitoral e aquele sorriso doce.

Em Chicago, eles se reuniram no início da manhã no Millennium Park. A faixa etária variou de 5 a 65 anos, e eles estavam em uma missão para encontrar o objeto de seu vício: Jake Gyllenhaal.

O galã de 30 anos, estava filmando uma cena para seu novo filme "Contra O Tempo" no parque, e seguiu-se um pandemônio.

"Chicago é tão legal", disse Gyllenhaal. "Filmamos no início da manhã e tivemos todo o parque, mas sem dar muito na cara, nós estávamos filmando em frente a uma estátua que refletia bastante. Você podia ver os rostos dos fãs no fundo andando e acenando. Não era exatamente algo que encaixaria na história, que era sobre um cara que estava escondendo-se.

"Então perguntei às senhoras para deslocar um pouco para a esquerda. Foi muito engraçado porque a multidão se juntou, como um grande passo de dança. Foi todo mundo para a esquerda, a poucos passos grandes. Então todo mundo para a direita. Eu amo meus fãs. Eles foram tão cooperativos".

Em "Contra O Tempo", Gyllenhaal interpreta Colter Stevens em um thriller de ação que gira em torno de um soldado que se encontra preso em um casulo estranho que o transporta para o corpo de um professor de Chicago em um trem que foi bombardeado. Colter volta oitos minutos antes da bomba explodir e sua missão é encontrar o terrorista que explodiu o trem.

Cada vez que ele volta no tempo, ele aprende algo novo.

"A variação foi fundamental", disse ele. "Era a única maneira que este filme poderia se tornar interessante. Descobrimos como usar essa repetição para nossa vantagem, ou taríamos sido destruídos por ela."

Ele disse que a parte mais dura da viagem foram os momentos de desorientação, quando ele viaja de volta à vida real, esse mundo desconhecido.

"Eu sabia que tinha que olhar desorientado, de modo que o que eu fiz foi prender a respiração e fazer uma série de kung fu para conseguir combinações de gotejamento de suores. Então nós fizemos rolar", lembrou. "Nós fazíamos uam cena de sete minutos e, então eu fazia tudo de novo."

Ele admitiu que quase desmaiou algumas vezes. "A sala estava literalmente girando, mas isso era grande porque a minha confusão parecia tão real na tela."

Gyllenhaal, cujo filme mais recente foi a história de amor "Amor e Outras Drogas", disse que a idéia de um filme policial recorreu a ele.

"Eu gostei que foi um filme cheio de reviravoltas. Na maioria dos filmes, o público está muito à frente da história. Este foi o único que te deixa pensando ", disse ele. "O roteiro fica ali, diante da platéia".

Diretor Duncan Jones disse que Gyllenhaal era perfeito para o papel.

"Sou muito fã de Jake Gyllenhaal," disse Jones. "Ele é um ator incrivelmente talentoso e ele não é doloroso para os olhos. Ele também é incrivelmente corajoso. Ele é um ator que está sempre disposto a correr riscos. "

Nasceu para ser um ator

Gyllenhaal cresceu em Los Angeles com o show business em seu sangue. Ele é o irmão mais novo da atriz Maggie Gyllenhaal e filho do diretor Stephen Gyllenhaal e da produtora / roteirista Naomi Foner.

"Fui criado em uma família que queria desesperadamente contar histórias", disse ele. "Foi quase como um circo itinerante. Isto é o que ainda nos dá alegria. Isto é o que importa para nós. "

Gyllenhaal fez sua estréia no cinema fazendo o filho de Billy Crystal, Danny, em 1991 no filme "Amigos Sempre Amigos".

"Foi uma loucura ser um garoto em um set grande de um filme", ​​disse ele. "Eu não podia acreditar que eu estava tão perto de Billy Crystal. Até hoje, lembro-me do da roupa que eu usava, do trailer para a maquiagem e trabalhando com aquela vaca que tocava Norman."

Ele estava dando uma de co-estrela.

"Lembra da última cena no aeroporto com a família na van com o nosso novo bichinho de estimação?", pergunta ele. "A vaca fez xixi em cima de mim."

Após a calorosa recepção, ele passou a fazer papéis em todos os tipos de filmes, a partir dos pequenos e independentes ("Donnie Darko", "The Good Girl") e blockbusters ("O Dia Depois de Amanhã"). Ele se tornou uma sensação internacional atuando como um cowboy gay no filme de Ang Lee "Brokeback Mountain". Suas memórias sobre Heath Ledger são preciosas para ele.

"Eu me lembro de vê-lo depois que soubemos que iríamos atuar juntos. Estávamos em uma festa e nós não tínhamos muito espaço para conversar. Mas de alguma forma, encontramos um cantinho e começamos a falar algumas das falas[dos personagens] ", disse ele. "Nós dois achamos que a história era tão bonita e nós queríamos que a história funcionasse no que fosse possível.

"Não tínhamos tempo a perder."

Gyllenhaal disse que seu próximo filme é "um roteiro sobre dois policiais do departamento de polícia de Los Angeles. É sobre a natureza do dever e a amizade, e sobre as razões pelas quais jovens colocam suas vidas em perigo."

Não fugindo dos holofotes

O único perigo de Gyllenhaal sãos as perseguições dos paparazzis. Ele teve relacionamentos de alto nível com Kirsten Dunst, Reese Whiterspoon e Taylor Swift.

"Seria ótimo interpretar personagens e se se perder neles, enquanto o público perde-se nos personagens que você interpreta", disse ele. "Eu prefiro que eles saibam menos sobre mim e muito mais sobre os personagens."

"Eu não gosto de ter minha vida jogada fora na mídia. Eu prefiro manter minha vida privada privada. Ao mesmo tempo, eu entendo completamente o interesse na vida pessoal do ator. Eu perdôo as meninas de 9 anos que correm para cima de mim e dizem, 'Eu quero casar com você.'"

O fã clube de jovens também inclui sua sobrinha Ramona Sarsgaard, filha de sua irmã Maggie e do ator Peter Sarsgaard.

"A família é a coisa mais importante para mim. Eu amo estar com minha sobrinha ", disse Gyllenhaal. "Desde que a minha sobrinha entrou na minha vida, eu tenho uma nova perspectiva sobre o tempo gasto em torno da mesa de jantar com as pessoas que são especiais."

Eles não vão ter que lidar com sua atitude de estrela de cinema, porque não há nenhuma.

"Se eu desenvolvi essa atitude, minha mãe me daria uma boa bronca."

Fonte: Chicago Sun-Times

Entrevistas com Jake Gyllenhaal

Nenhum comentário

Entrevista no Jimmy Kimmel

Jake foi um dos entrevistados de ontem do programa Jimmy Kimmel:

No primeiro vídeo, vemos Jake contar que passou o aniversário com a família e amigos em volta de uma mesa. Todos eles estavam contando histórias sobre Jake.

Um dos amigos(ele não cita o nome, mas é o documentarista David Modgliane) contou um episódio que ocorreu no Bafta em 2006(Jake levava amigos e parentes para as festas de premiação). Jake estava com dificuldades para dar um nó na gravata e o amigo dele o ajudou, mas nesse momento entrou a assistente, a agente e mais algumas pessoas da equipe e disseram: Oh, sorry!
E eles ficaram como: O q?? No!! No!! hahaha

Outra coisa foi que, quando ele ganhou o prêmio, todos da equipe o felicitando e o amigo dele grita: Oh, yeah baby! hahah Todo mundo ficou: Ele falou baby? hahahaha



No segundo vídeo Jake relata que a mãe dele, Naomi Foner, o presenteou com uma obra de Banksy(notório artista de rua britânico, seus trabalho são feito em stencil), mas ela precisou comprar pela internet, pq ela estava em Nova York e não podia ir até a loja que fica em Londres. Haviam muitas pessoas querendo comprar quadro e, como uma mulher guerreira, ela não desistiu e lutou para comprar o presente que ela queria dar para o filho. Segundo Jake, um presente muito caro.



O terceiro vídeo começa com uma cena inédita de Source Code(se vc deseja evitar spoilers, não assista). Jimmy elogia a cena e o filme e diz que dá para ver que é Jake na cena de ação.

Jake fala um pouco sobre o filme.



No quarto vídeo ele fala sobre a entrevista na Men's Health, que eu ainda não traduzi(estou esperando a versão nacional). Jimmy fala que pensava que ele tinha ido ao Ikea em Burbank. Jake diz que as melhores almôndegas suiças estão em Los Angeles.



Entrevista com Jake Gyllenhaal ao site Collider:



- A entrevista começa com Steve 'Frosty' Weintraub dizendo a Jake que eles possuem um amigo em comu, o ator Jimmy Duvall de Donnie Darko. Ele conta que o encontrou em um jogo de futebol e Jake diz que Jimmy é uam grabde cara.

- Steve pergunta qual o filme que a pessoas mais perguntam quando encontram você na rua?
Donnie Darko é o número um em perguntas, mas as pessoas querem saber também sobre Soldado Anônimo e Brokeback Mountain.

- Steve pergunta qual a canção que vc gosta de cantar no karaokê?
Jake diz que não canta em karaokê, então Steve quer saber se ele gosta de alguma música dos anos 90 e ele fica tentando se lembrar e acaba citando I Wanna Dance With Somebody e I Will Always I Love You.

- Jake conta como enviou o roteiro para Duncan Jones(já falei isso aqui várias vezes e não é necessário repetir);

- Sobre Nailed( filme que ele fez em 2008), Jake responde que não faz a mínima idéia do que aconteceu com o filme. Não sabe se vai estrear ou não.

Vídeo da entrevista

Novo spot televisivo de Source Code

Nenhum comentário

Já está na rede o novo spot televisio do filme Source Code:




Leilão beneficente



Jake Gyllenhaal é o convidado especial do leilão anual See For Change II, da New Eyes For The Needy, que ocorrerá no dia 31 de março, em Nova York. Todas as receitas e doações de óculos serão em benefício da New Eyes For The Needy.

New Eyes for The Needy é uma organização sem fins lucrativos que tem como compromisso fornecer óculos para crianças e adultos que necessitamde óculos ao redor dos Estados Unidos e dos países em desenvolvimento ao redor do mundo.

Fonte: New Eyes For The Needy

Jake não atuará em The Bourne Legacy

Durante entrevista, Jake Gyllenhaal disse que não irá estrelar The Bourne Legacy:



"Isso é um rumor e seria incrível se isso fosse verdade, mas infelizmente não é", disse Jake.

Fonte: Musicrooms

As fotos postadas são do site IHJ. Para ver mais: IHJ