Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Feliz Ano Novo!

Um comentário

Desejo um Feliz Ano Novo com muita saúde, paz, sucesso e felicidade a todos os gyllenhaalics que nos visitam a cada dia. É por causa de vocês que este blog é um sucesso. Muito obrigada!


Claro, não posso esquecer da principal razão desse blog existir. Feliz Ano Novo, Jake Gyllenhaal!

Cena de L&OD entre as mais sexys do cinema

Nenhum comentário

Uma das cenas de seco do filme L&OD ficou em segundo lugar na lista das cenas mais sexys do ano no cinema pelo site moviefone:



2. A cena de sexo na cozinha (Love & Other Drugs)

Tiremos o chapéu (bem como sapatos, camisas e tudo mais) para Anne Hathaway, que alegremente abraça a idéia de que você deve tirar a roupa pela arte. Suas cenas de nudez são abundantes nesta coméddia darmática romântica, mas é o primeiro encontro quente, meio vestido, com Jake Gyllenhaal na cozinha, que lhes dá um lugar nesta lista.

Em primeiro lugar ficou a cena de Natalie Portman e Mila Kunis no filme Black Swan.

Para ver a lista dos 10 mais: Moviefone

Scans

Scans da revista austríaca cineplexx:



Fonte: IHJ

Jake fala sobre Michelle Williams

Nenhum comentário

Jake falou sobre Michelle Williams num artigo do jornal USA Today sobre a atriz:





Assim como muitas das mulheres que ela interpreta, Williams é enigmática. Mas há também uma força de sustentação surpreendente nela. Dada a sua propensão para incorporar o insular, personagens emocionalmente dilaceradas - Alma Beers em Brokeback Mountain, Wendy Carroll em Wendy and Lucy, Dolores Chanal em A Ilha Do Medo - você, compreensivelmente, se sente um pouco apreensivo sobre passar um tempo com Williams. Muitos atores, afinal, gravitam em torno de personagens que são, de formas grandes e pequenas, reflexos diretos de si mesmos, mas Williams não está no feixe de temorosa emoção.

"As pessoas tendem a colocá-la num canto vulnerável, mas o que se esconde debaixo é uma força intensa e um senso de humor", diz seu amigo Jake Gyllenhaal. "Há uma tendência em nosso negócio de enfatizar os negócios ou o hype. Michelle nunca, nunca fez isso. Ela realmente prefere a vida dela ao invés de seu trabalho, e como resultado, seu trabalho é melhor do que qualquer outra atriz".

Fonte: USA Today

Vídeo

Jake foi entrevistado pela Associated Press na semana dos indicados ao Globo de Ouro, onde ele falou sobre completar 30 anos e o sonho de virar diretor:




Não sei se entendi corretamente o início do vídeo, mas creio que ele disse que fazer trinta é definitivamente a idade da razão. Logo em seguida, acrescenta que fazer trinta também faz ele perceber o quanto ama e aprecia a família dele na vida dele, que ter sucesso na carreira é incrível. E que espera ficar ao lado das pessoas que ama e que o amam. É algo que ele aprecia na vida.

Sobre as festas de fim de ano, Gyllenhaal disse que pretende passar com a família. Eles adoram cozinhar e se reunir em volta da mesa. Isso o faz lembrar da infância.

Jake fala também que tem o desejo de se tornar diretor. Dirigir filmes é um sonho que ele deseja realizar, pq adora tudo que envolve direção, que é algo que o deixa animado, mas acha que ainda precisa amadurecer, então, vai esperar um pouco mais.

Site brasileiro de Amor & Outras Drogas já está no ar

Nenhum comentário

O site brasileiro do filme Amor & Outras Drogas já está no ar,com a data de estréia marcada para o dia 21 de janeiro:



No site vc irá encontrar, além do trailer, fotos do filme e wallpapers em português, como o que está abaixo:




Para conhecer o site brasileiro do filme, clique em: http://www.amoreoutrasdrogas.com.br/


No facebook

A página do filme no facebook também está no ar, mas com data marcada para o dia 28 de janeiro. Lá você encontará notícias, vídeos e fotos:



Para visitar a página no facebook: Amor & Outras Drogas oficial

Em relação à data de estréia..., bem, a única certeza que temos é que o filme estreará em janeiro.

Trailer Internacional de Source Code

Nenhum comentário

Divulgado o trailer internacional do filme Source Code:



Jake visita Hospital do Câncer em Nova York

No dia 23, ocorreram vários relatos no facebook e twitter de uma visita que Jake Gyllenhaal fez ao renomado hospital do câncer Sloan Kettering, em Nova York. Várias pessoas relatarm que Jake levou alegria às crianças que estão em tratamento.

Aqui está um relatório de uma das mães, cujo filho está em tratamento, mas que infelizmente não conheceu Jake, pq no momento estava recebendo uma medicação:

Eu rapidamente soube que Jake Gyllenhaal estava indo vir para dizer Olá para as crianças. Ele apareceu por cerca de duas horas e foi tão adorável. Ele tirou fotos com as crianças, conversou com os pais, etc .... Quando ele estava se preparando para ir embora, a nossa pequena Olivia correu até ele e lhe entregou um cartão de Ronan Rockstar e a versão de sua pulseira Ronan Rockstar. Olivia apontou para onde Liz e eu estávamos sentados e Jake se aproximou para dizer Olá e conversou conosco por cerca de 5 minutos. Ele era tão doce e adorável. Ele colocou a pulseira de Ronan e disse que estava indo para usá-la e deu uma olhada na foto Ronan e nos contou como ele era bonito. Que todos nós já sabemos, mas era muito querido dele a dizer e ter tempo para conversar conosco. Você pode dizer que ele é realmente uma boa pessoa e ele totalmente fez o dia das crianças e das mães:) Já para não falar, que Liz estava na a lua para dizer o mínimo:) Talvez ele vai usar a pulseira Ronan Rockstar no tapete vermelho e nos ajudar a aumentar a sensibilização para o câncer ma infância:) Parece que ele tem um coração muito bom.

Para ver a foto do pequenho Ronan, clique aqui: RockStarRonan

Entrevista para a revista alemã IN

Um comentário

Ontem foi uma entrevista para uma revista austríaca, hoje é para uma revista alemã. Uma gyllenhaalic alemã traduziu uma entrevista com Jake que foi publicada na revista IN:




IN: Você é um verdadeiro especialista em flertar - pelo menos no filme. Você pode nos contar um truque que funciona com as mulheres na vida real também.

JG: Quando você sabe que você está usando um truque que normalmente não funciona mais, não use nunca mais. Mas normalmente eu começo mostrando interesse na mulher que eu gosto. Eu tenho que me sintir muito atraído por ela e, normalmente, em seguida, tomar o seu próprio curso. Eu não poderia escrever um livro sobre isso, porém.

IN: Você acabou de completar 30 anos. Você acha que sabe cada vez mais sobre amor e relacionamento agora?

JG:Pelo menos parece que é o caminho para mim. Eu não sei se é meu aniversário de 30 anos, mas penso muita coisa sobre quem eu sou, o que eu quero e o que está perto do meu coração. Você pode amarrar isso com o número 30. Mas eu sei que as pessoas percebem isso em uma idade muito mais jovem. E outros que são muito mais velhos e ainda não entendem nada. Eu só sei que alguma coisa está acontecendo comigo agora.


IN: Você se sente como se fosse fácil para você encontrar as respostas?

JG: Durante uma entrevista, talvez, mas definitivamente não na vida real (risos).

IN: O que muda para você agora?

JG: Eu me sinto bem. Eu gosto de onde estou agora. Quando eu era jovem eu tinha um sentimento de querer ser mais velho. Agora que eu cheguei lá, eu me sinto muito bem.

IN: Vamos falar sobre as cenas de nudez em "Love & Other Drugs". Me parece que você passou dias na cama com Anne Hathaway.

JG: No início, fizemos uma decisão de não ter nudez limitada por contratos. Você sabe esse tipo de coisa: "Esta parte está fora dos limites, a metade do peito deve ser coberto, e com certeza nenhum mamilo!". Em contrapartida, tivemos que dizer se estávamos preocupados com uma cena durante o corte. Portanto, nós apenas continuamos com isso e realmente não pensamos muito sobre o ângulo da câmera. (Pensando) Bem, às vezes nós pensamos: uma vez nós filmamos com alguns ângulos de largura e eu tinha que cobrir uma determinada área, de vez em quando. (Risos) Mas a maior parte do tempo estávamos nu.

IN: E você não pensa sobre as cenas de nudez antes de tudo? Sério?

JG: Eu realmente não penso muito nisso. Eu só quero contar uma boa história de amor e desenvolver um relação intensiva com minha colega de cena. Isso é o que eu penso. O tipo de nudez veio com ela. Mas agora é tudo o que todo mundo está falando. (Risos)

IN: Como você consegue ficar desinibido na frente da câmera profissionalmente?

JG: Isso acontece ao longo do tempo. Normalmente, há apenas quatro das cinco pessoas mais importantes da equipe de filmagem no set. E isso ajudou Anne e eu, que já tínhamos tirado a roupa para "O Segredo de Brokeback Mountain". Cinematograficamente falando, já havíamos sido devirginizados. Isso ajudou! (Risos) Uma vez que as mulheres são objeto de desejo dos homens mais freqüentemente, eu costumo deixar a minha parceira escolher o que a deixa confortável. Mas quando Anne veio ao set eu sentia que ela precisava de proteção muito menos do que outros. Em qualquer caso, a situação era tudo de bom para nós imediatamente. É realmente difícil descrever o que senttímos ao ficarmos nus no set.

IN: Segundo o diretor Ed Zwick você e Anne Hathaway passaram várias semanas antes das filmagens desenvolvendo a química.

JG: Sim, nós ensaiamos durante cerca de duas semanas. Cada dia repetíamos as cenas de novo. Alguns atores discutem sobre como obter o máximo de atenção possível durante uma filmagem. Na minha opinião, Anne e eu não fizemos isso. Nós dois apenas exploramos os sentimentos um do outro. (Risos)

IN: Qual seria seu sentimento?

JG: Eu sou muito bom na cama.(Risos) Pelo menos eu sou um parceiro sexual muito bom no filme.

IN: Falando nisso: no filme que você vende Viagra. Você já experimentou?

JG: Se eu digo "não" todo mundo vai escrever que eu não levei a minha parte suficientemente a sério. Se eu disser "sim" ... (Risos)

IN: Como você se sente sobre a percepção de seu personagem, Jamie Randall, que o amor é o único medicamento que pode curar a sensação de solidão?

JG: Eu não sei se a solidão é uma doença. Solidão é também um grande professor. Talvez seja mesmo ruim que nós classificamos a solidão como uma doença, já que na minha opinião isso é o único jeito de estar em um relacionamento a longo prazo. Você tem que saber (solidão) bem o suficiente para valorizar o que você tem. É assim que eu penso sobre isso e - oh deus - eu sei muito! (Risos)

IN: Por que é a solidão de um bom professor?

JG: Pergunta à Buda! Ele diz isso. Eu acho que é realmente importante para lidar com isso de vez em quando.

IN: Hoje muitas pessoas estão conectadas pela web e ainda assim eles são solitárias. Você já experimentou isso?

JG: Claro. É por isso que o roteiro mexeu comigo. Pensei: "Nós todos temos os nossos problemas." Conheço um monte de amigos - e isso inclui a mim também - que estão em relacionamentos que não deveriam estar ou que experimentaram o amor verdadeiro. Conheço pessoas que não estão apaixonados ou que nem sequer sabem como encontrar o amor. Este filme tenta nos dizer: Se você realmente está apaixonado segurá-lo e faça-o funcionar. Se não, tudo bem também - mas é melhor deixá-lo ir e seguir em frente. E se você não conseguir encontrar o verdadeiro amor, logo em seguida, vá procurá-lo. Vivemos em uma sociedade muito rápida. Talvez ela voltará a olhar para o amor à moda antiga.


Para adquirir os scans, clique aqui: Galeria do Jake Ultimate

Jake Gyllenhaal fala sobre três coisas que ele não gosta em Anne Hathaway

Nenhum comentário



Jake Gyllenhaal, admitiu que há coisas que ele não gosta sobre Anne Hathaway, porque eles têm um relacionamento "real".

"Sabemos sobre as partes boas e ruins um do outro, e há coisas que gostamos e não gostamos um no outro", diz Jake sobre seu relacionamento com Hathaway.

"O que você não gosta em mim?" pergunta Anne Hathaway durante nossa entrevista.

"Ah. Muito pouco ", ironiza Jake, antes de acrescentar. "Há coisas que podemos criticar um sobre o outro, provavelmente. Há coisas que nós amamos, e há coisas com que lidamos ".

Os dois são igualmente rápidos para sufocar qualquer rumor de que eles poderiam estar dormindo juntos. "Quero dizer, nós nos divertimos juntos ", diz Jake. "Mas não muito."

"Não, definitivamente não", ri Anne.


Fonte: handbang


Jake Gyllenhaal Questionou Seus Próprios Sentimentos De Amor

Jake Gyllenhaal aceitou o papel em ‘Love and Other Drugs’ porque ele estava questionando seus próprios sentimentos sobre o amor e admitiu chorar a primeira vez que leu o script.

Jake Gyllenhaal aceitou o papel em ‘Love and Other Drugs’ porque ele estava questionando seus sentimentos sobre o amor.

A estrela de 29 anos – que namorou anteriormente Reese Witherspoon e Kirsten Dunst – abraçou a chance de interpretar um vendedor de remédios chamado Jamie na comédia romântica junto com Anne Hathaway já que o script ecoou em seus próprios pensamentos e atitudes sobre o amor.

Ele contou ao showbiz BANG: “Eu acho que sempre chega um momento na vida de todos onde paramos e nos perguntamos: ‘Eu tenho um amor de verdade? Eu quero um amor de verdade? O que é o amor de verdade?’ Com o script eu parecia estar nesse momento, sendo pressionado por essa questão.”

Jake sentiu tamanha conexão com o filme que ele não aguentou e caiu em lágrimas quando leu o script pela primeira vez, já que aquilo era uma impressão do que ele sentia no momento.

Ele explicou: ‘Com isso, é raro eu ter um momento onde eu me animo e ‘vou’, ‘Alguém escreveu isso para mim e não sabia disso’. E eu me senti daquele jeito quando eu o li pela primeira vez, e eu estava amando o personagem, então simplesmente chorei no fim, porque eu realmente senti quando ele disse ‘As vezes a vida não vai do jeito que você espera que ela vá’, e geralmente ela não vai mesmo.

“E talvez você seguir a vida e não parar para pensar nela seja a maneira certa para que tudo funcione e vá bem no final. Isso realmente me moveu profundamente e eu não podia não fazê-lo.”


Fonte: Jake Ultimate

Scans

Scans da revista austríaca Skip:





Fonte: Fã de Jake do fórum IHJ.

A tradução está na postagem anterior.

Entrevista com Jake Gyllenhaal

Nenhum comentário



Tradução da entrevista na revista austríaca Skip, traduzida para o inglês por uma fã de Jake do fórum IHJ(os scans ela enviará brevemente):

Donnie Darko, Brokeback Mountain, Príncipe da Pérsia e agora Love & Other Drugs - Jake Gyllenhaal, de 30 anos de idade e talento excepcional com uma cara engraçada, adora se sentir em casa em qualquer gênero. Porque ele joga para ganhar, como disse à SKIP durante uma entrevista exclusiva, em Londres.

SKIP: Você aprendeu alguma coisa sobre o Viagra fazendo esse filme que você não sabia antes?

JG:(risos) É uma droga muito complexa em qualquer caso. O que achei engraçado foi que o Viagra não foi inventado de propósito, mas foi mais ou menos por acidente. Na verdade eles queriam fazer um remédio para o coração - e de repente todo mundo no laboratório estava correndo com uma ereção (risos). Geralmente esta é uma das coisas boas da vida: você tropeçar nas coisas mais maravilhosas, só isso, mas você queria algo completamente diferente.

SKIP: Este é o segundo filme depois de "Brokeback Mountain" que têm relações sexuais com Anne Hathaway ...

JG: Isso é verdade - apesar de que na primeira vez não foi tão glorioso desde que eu interpretei um marido gay, então eu realmente tive que reparar isso de alguma forma (risos). Não é bom quando você tem uma segunda chance?

SKIP: Os dois amantes em LAOD estão tendo um tempo duro em deixar o amor acontecer. Como você se sente nessa área? O amor assusta você?

JG: O amor em si não me assusta, apenas as coisas que o rodeiam. Há uma quantidade incrível de risco com ele. Primeiro de tudo você precisa ser louco e corajoso bastante para deixar alguém saber que você a ama. Porque há sempre o risco da pessoa não se sentir como você. E mesmo se ela fez o perigo de estar próximo ao virar da esquina: é inevitável que essa pessoa vai ser passada em um ponto. Mesmo que o amor dure uma vida inteira a morte está à espera no final. Não existe amor eterno. E isso me assusta muito. Esses sentimentos são tão grandes e tão maravilhosos que dói tremendamente perdê-los.

SKIP: É (amor) mais complicado sendo famoso?

JG: Por que seria?

SKIP: Porque vocês nunca estão realmente sozinhos. Quando você e Reese Witherspoon se separaram, basicamente, todos estavam lá também.

JG: Oh, você estava? Pois bem, muito obrigado pelo vosso apoio. (Risos) Mas não, o amor não discrimina. O amor é sempre difícil se você é famoso ou não.

SKIP: Você é de uma família de Hollywood de verdade. Eles prepararam você para o que poderia acontecer?

JG: Isso soa como se eu fosse algum tipo de soldado (risos). Preparado para quê? Dar entrevistas em um lindo hotel de luxo (risos)? É claro que através dos meus pais eu tinha algum tipo de imaginação que alguém como eu poderia ter. Mas não há script para viver. E todas as experiências pelas quais eu realmente aprendi algo eu fiz na vida chamada real e certamente não em Hollywood.

SKIP: Sua irmã Maggie é uma estrela de cinema também. Quando vocês dois se reunem, você fala sobre seu trabalho ou você tentava evitar isso, tanto quanto possível?

JG: A tarde eu diria. Embora eu sou um grande fã dela. Às vezes, quando estamos incertos sobre uma decisão, um procura o outro para uma aconselhamento. E quando Maggie é recusada em um papel, eu explico à ela que a decisão veio de idiotas completos.

SKIP: E Maggie lhe diz o que pensa sobre o seu trabalho?

JG: Ela diz quando pensa que eu era bom (risos). Estou certo de que ela pensa que eu era ruim de vez em quando, mas geralmente eu sei isso, quando ela não diz nada.

SKIP: Qual dos seus filmes é o seu favorito?

JG: Isso é uma pergunta difícil de responder porque eu estou realmente orgulhoso de vários deles e nem sempre pelas mesmas razões que os críticos ou público.

SKIP: Isso significa que você se importa menos para os resultados de bilheteria

JG: Não, claro que eu me importo! Você não pode jogar este jogo, se você não quer ganhar (risos). Eu não espero que o sucesso vá me fazer feliz ou satisfazer todos os meus sonhos. Mas ele dá chances. No entanto, eu sei que vou sempre e em qualquer caso, ser capaz e continuar fazendo filmes. Eu mesmo fiz um filme com meu iPhone. Não há nada que possa impedir uma boa idéia. Mas quando você está com medo disso, você fica tenso e começa a fazer escolhas erradas.

SKIP: O que faz você feliz?

JG: Um bom terno. Correr. Ver a minha sobrinha dançar. Isso é a coisa mais bonita em tudo.


Scans

Scans do artigo sobre a fotografia do filme Love & Other Drugs publicada na revista American Cimnematograph:










Fonte: IHJ

Em NY

Jake Gyllenhaal ao lado de uma fã numa loja de artigos esportivos em Nova York:



Fonte: twitpic

Novas entrevistas com Jake e Anne

Nenhum comentário

Com a proximidade da estréia em solo britânico do filme Love & Other Drugs(dia 29 de dezembro), vários sites estão divulgando suas entrrevistas com Jake e Anne Hathaway:



Jake diz que adoraria fazer cena de sexo com Juliane Moore

Em entrevista a um site inglês, Jake disse que adoraria fazer uma cena de sexo com a atriz Juliane Moore:

"Eu realmente acho que eu faria com Julianne Moore, de mãos para baixo. Ela tem grandes cenas de sexo no cinema, "Jake disse a nós.

No entanto, quando o sua colega de Love And Other Drugs, Anne Hathaway, sugeriu que gostaria de fazer com Viggo Mortensen na tela, Jake não gostou disso.

"Eu estou com ciúmes", Jake diz à Anne. "Eu realmente apenas dediquei meu sexo na tela para você. Então é estranho. Eu estou bem com isso. Eu apenas me preocupo com você ".

"Eu me importo com você também", diz Anne ", eu me preocupo com muita gente."

Fonte: handbag

"Sexo é essencial numa história de amor"

Abaixo o que Jake falou sobre sexo e amor:

Jake e Anne filmaram várias cenas de sexo para o filme e até posaram nus juntos na capa da revista Entertainment Weekly para promover o filme, mas Jake tem reiterado que a natureza gráfica das cenas foram importantes para o tema geral do filme.

"Eu acho que um dos elementos essenciais de uma história de amor é sexo, e deveria ser isso. E se nós estávamos indo ser o mais aberto e íntimo como poderíamos ser, nós teríamos que fazer a mesma coisa com o sexo. Como você pode acreditar que estas pessoas se amam, se não querem ficar nuas um para o outro? Eu não sei quanto a vocês, mas eu nunca tive relações sexuais usando cuecas, é uma coisa estranha ", disse à Cover Media. "Isso foi muito importante para nós, em algum lugar alguém está inconsciente de que éramos duas pessoas no amor, não apenas atores contando uma história de amor."

Fonte: Music Rooms

Vídeo

Aqui está o vídeo da conferência de imprensa que ocorreu em Londres. Jake Gyllenhaal e Anne Hathaway falam sobre o o novo filme, a história de um representante farmacêutico quando o viagra foi lançado nos anos 90. Anne sobre trabalharem juntos desde “BrokeBack Mountain”, Jake fala porque o roteiro mexeu com ele, e sobre a indústria farmacêutica. Hathaway sobre interpretar uma personagem que desenvolve doença de Parkinson, Jake e Anne sobre a história central do filme e a quantidade de sexo e nudez no mesmo e depois mostra eles deixando a conferência.



Agradecimentos ao site Jake Ultimate.

A foto que ilustra esta postagem, pertence à conferência de imprensa que ocorreu em Nova York no mês passado. O site Jake Ultimate encontrou novas imagens e você poderá vê-las na galeria do site clicando em: Jake Ultimate/gallery

Feliz aniversário, Jake Gyllenhaal!

Um comentário

Hoje, 19 de dezembro, Jake Gyllenhaal está completando 30 anos, e o blog Gyllenhaalics está desejando tudo de bom para este grande ator, que é uma das pessoas mais incríveis do mundo.

Muitas felicidades, saúde, paz, sucesso para você, Jake Gyllenhaal! Nós te amamos!

Novas fotos de L&OD

Nenhum comentário

Divulgada novas imagens do filme Love & Other Drugs:





Jake e Anne no tapete vermelho em Sydney:

"Love and Other Drugs" Australian red carpet from Alicia Malone on Vimeo.

Scans da Premiere francesa

Nenhum comentário

Scans da revista Premiere francesa, onde Jake fala sobre Love & Other Drugs.

Na entrevista, de novidade, temos apenas Jake dizendo que os americanos não são tão puritanos como a maioria das pessoas pensam; ele tem esperanças de que veremos cenas de sexo mais realistas nos filmes; e ele não se arrependeu de ter feito Príncipe da Pérsia:





Fonte: IHJ

Source Code irá abrir festival de cinema

Nenhum comentário

O filme Source Code foi escolhido para abrir o prestigiado Southwest(SXSW) Film Festival, que ocorrerá em Austin, Texas, entre os dias 11 e 19 de março de 2011:



"Estamos muito felizes em receber mais uma vez Duncan Jones no SXSW. Sua estréia com Moon mostrou inteligência, habilidade e utilização excepcional dos recursos limitados, que é exatamente os tipos de filmes que gostamos de apoiar", disse Film Conference Festival e o produtor do festival Janet Pierson. "Source Code é um ótimo acompanhamento[do trabalho de Jones], é um thriller e um suspense inteligente, e é perfeito para a nossa abertura em 2011!"

O filme estrelado por Jake Gyllenhaal, é um dos mais esperados de 2011.

Fonte: Moviefone

Chris Bacon é o novo responsável pela trilha sonora de Source Code

Nenhum comentário

Clint Mansell, reponsável pela trilha sonora do primeiro filme de Duncan Jones, Lunar, e também de Black Swan, entre outros filmes, não será mais o responsável pela trilha sonora de Source Code. Ele foi substituído pelo novato Chris Bacon:



Em Setembro, foi anunciado / confirmado que um dos nossos compositores favoritos, Clint Mansell, estaria trabalhando novamente com o diretor Duncan Jones (Lunar)em seu mais novo filme, Source Code, com Jake Gyllenhaal. O trailer foi divulgado em novembro e tudo parecia bem, mas Badass Digest (via SlashFilm) está informando que Mansell deixou o projeto devido a conflitos de agenda, que parece um pouco suspeito, mas vamos deixar pra lá. Em vez disso, a trilha será composta pelo novato Chris Bacon, que trabalhou como técnico/compositor em vários filmes, incluindo Waking Sleeping Beauty, Space Chimps, King Kong, Defiance, Duplicidade e muito mais.

Somos totalmente apaixonados por Clint Mansell e é triste vê-lo sair deste projeto. Na verdade, tivemos a oportunidade de ouvir um pouco de seu trabalho, quando visitamos a sala de edição com Duncan Jones, há algumas semanas, e foi muito bom, mas essa é uma história para outro dia. Eu nunca ouvi falar de Chris Bacon e não sei quem ele é, mas eu confio em Duncan e se ele acha que esse cara é uma ótima opção para trabalhar em Source Code, não creio que tenhamos alguma coisa para se preocupar. Source Code é um sci-fi thriller sobre uma viagem no tempo a partir de um roteiro de Ben Ripley, estrelado por Jake Gyllenhaal, Michelle Monaghan, Vera Farmiga e Jeffrey Wright.

Fonte: First Showing

Jake e Anne no Hospital Infantil de Sydney

Jake e Anne posando ao lado de Tiama Pride e Sofia Martino, bebê que nasceu prematuro e que conseguiu sobreviver, recebendo alta esta semana do Hospital Infantil de Sydney. Tiama, mãe de Sofia, contou que Jake e Anne foram adoráveis.



Fonte: News.com

Em LA

Jake, ontem, no momento em que deixava o restaurante italiano Osteria:



Para ver mais: IHJ

Menino de Ouro

Nenhum comentário

Comunicado oficial de Jake sobre a indicação ao Globo de Ouro:



"Estou realmente feliz que a HFPA(Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood) reconheceu tanto Annie e eu pelo nosso trabalho em 'Love & Other Drugs'. Eu sempre achei que o filme é um romance clássico, porque é sobre a natureza do amor. Assim, reconhecendo o desempenho, a HFPA está afirmando o coração do filme e a voz e o talento de nosso grande diretor Ed Zwick. Também estou profundamente honrado em estar na companhia de muitos outros atores maravilhosos este ano, numa categoria com dois Johnny Depps, um Paul Giamatti, e um Kevin Spacey".

Fonte: LA Times

Portrats do Globo de Ouro:

Sessão de fotos com Jake para o Globo de Ouro:








Para ver mais: IHJ


Entrevistas:


Acess Hollywood:

Jake foi entrevistado pelo Acess Hollywood, onde ele falou sobre a indicação ao Globo de Ouro; pq ele está feliz sobre ser indicado?; e se ele já falou com Anne Hathaway sobre a indicação:



Extra TV:

Canal Extra parabeniza Jake por sua indicação ao Globo de Ouro:









Entrevista com Jake Gyllenhaal sobre a indicação ao Globo de Ouro

Um comentário

Jake Gyllenhaal falou com a Entertainment Weekly sobre a indicação ao prêmio de melhor ator em um filme de comédia/musical pelo filme Love And Other Drugs:



Jake Gyllenhaal fala com exclusividade sobre o texto que Anne enviou para ele após a indicação ao Globo de Ouro

Um dos mais felizes resultados de indicações desta manhã ao Globo de Ouro, na minha mente, foi o reconhecimento de Jake Gyllenhaal e Anne Hathaway por seus desempenhos no ótimo drama cômico Love & Other Drugs. Eu tive o prazer de entrevistá-los juntos para a nossa EW capa e gostava de ver a sua amizade em primeira mão. Agora que ambos são indicados ao Globo de Ouro (Melhor Ator e Melhor Atriz em Comédia ou Musical), Gyllenhaal - que nunca conseguiu uma indicação ap Globo antes, estranhamente - pegou o telefone para conversar sobre a competição (incluindo as duas performances de Johnny Depp, Alice no País das Maravilhas e The Tourist) e o que Hathaway disse quando ela enviou um torpedo para ele após a grande notícia.

Entertainment Weekly: Você já teve uma indicação ao Oscar, uma indicação ao prêmio SAG, e você ganhou um BAFTA. Por que você demorou tanto tempo com o Globo de Ouro?

Jake Gyllenhaal: [Risos] É uma coisa aleatória! A ironia é que esta não é uma típica temporada de premiação. A maioria dos filmes que são reconhecidos durante a temporada de premiações tendem a ser mais escuros, e o que há de especial sobre esta indicação é que isso é algo sobre o romance e esperança.

Então, quem é o seu maior concorrente para a vitória: Johnny Depp ou Johnny Depp?

Certo? Fale-me sobre isso. É um celebrity deathmatch com dois Johnny Depps. É muito legal que ele foi indicado duas vezes. Ele é como um badass(ele é foda!).

Eu sei que você e Anne amam enviar textos um para outro o tempo todo. Então, você enviou uma mensagem de texto para ela hoje?

Ela me mandou uma mensagem hoje de manhã e eu ainda não mandei uma mensagem de volta ainda! Seu texto foi ... espere um segundo, eu vou pegar meu telefone e eu vou te dizer. Este é um exclusivo, espera. [Sussurra em torno de seu telefone.] Ela disse: "Cara! Ponto de exclamação. Parabéns! Milhões de pontos de exclamação. Você fez isso! Pontos de exclamação. Primeira indicação ao Globo de Ouro, né? Milhões de pontos de interrogação. X. "

Uau, ela tem conhecimento sobre o trabalho dela


Ela sabe sobre a história dela de premiação. É bom, porque o último filme que fizemos [O Segredo de Brokeback Mountain] foi reconhecido nas premiações. Há algo sobre nós que quando trabalhamos juntos, que parece fazer nos sentir bem.

Fonte: Entertainment Weekly

Reação de Jake Gyllenhaal à indicação ao Globo de Ouro

Nenhum comentário

Jake Gyllenhaal concedeu algumas entrevistas no dia de hoje, em Los Angeles, para falar sobre a indicação ao Globo de Ouro:



Variety

Jake Gyllenhaal, indicado por sua atuação em "Love and Other Drugs", leu a notícia em seu iPhone, depois que vários telefonemas o despertaram.

"Foi quase entregue por um mensageiro", disse ele, mas ele teria apreciado um método mais teatral. "Eu teria gostado que tivesse sido entregue por uma pessoa em trajes de Shakespeare." Como o assunto da roupa, ou a falta dele, surgiu, o ator falou sobre toda a atenção dada as cenas de nudez. "

"Tudo já foi feito sobre as cena de nudez, mas a parte mais importante do filme para mim, foi a intimidade entre os dois personagens ", disse ele. Ele está feliz com a atenção dada ao filme.

"Na indústria do entretenimento nos sentimos tão insular. É tão bom ver um dia como o de hoje, para ver algo de grande envergadura como é essa."



The Hollywood Reporter:

Após toda a controvérsia em torno da nudez em seu filme Love And Other Drugs, Jake Gyllenhaal não poderia estar mais feliz com sua e de Anne Hathaway indicações.

"Eu sinto muito se tudo tem sido feito em cima da nudez no filme. Eu acho que a ironia maravilhosa sobre isso é que eu acho que as pessoas se empolgaram com isso e uma coisa que fez o filme tão especial e tão importante para mim foi a intimidade entre os dois personagens e que Annie [Hathaway] e eu fomos um casal na tela e tudo que nós compartilhamos com [diretor] Ed Zwick, enquanto nós estávamos filmando ", diz ele.

Na verdade, o ator, que está em Los Angeles, não estava à espera do anúncio na manhã de hoje. "Meu telefone não parava de tocar em casa e era 6:30 da manhã e eu tinha uns 25 e-mails, que pode ser impressionante, ou desconcertante em determinados momentos da sua vida."

Mas, ele não está chateado com a falta de sono. "Há momentos em que é tão maravilhoso estar cansado, e este é um desses momentos."

Então, o que Gyllenhaal, cujo próximo filme, Source Code, terá estréia no dia 01 de abril de 2011, vai fazer para comemorar?

"Alguma cafeína está definitivamente na ordem do dia", brincou. "Estou pensando em encontrar minha família em breve para as festas de fim de ano, o que realmente, em última instância, eu estou ansioso por tudo isso. Então, eu só vou preparar minhas malas e sorrir."


AP

"Eu acho que nós tendemos a pensar em algo realmente interessante, grandes atuações com a alma rasgando as coisas. Eu acho que a Annie e eu vamos para lugares como esse, mas enfim, não é sobre a escuridão da alma, mas a leveza dela." - Jake Gyllenhaal sobre sua indicação por "Love and Other Drugs". A co-estrela Anne Hathaway também foi indicada.

Ao USA Today:

"Cara, eu não achava que seria indicado. Vai ser um longo e lento para mim. Eu não estou com pressa para nada!" diz Gyllenhaal, que está am Love And Other Drugs.

Ele está em Los Angeles e diz que ele estava em casa quando ele recebeu a notícia. "Eu estava dormindo. Eu não acordei. Foi muito inesperado. Recebi um telefonema e então eu verifiquei o meu telefone e eu tinha 25 e-mails, e era tanto desconcertante ou excitante. Neste caso, foi emocionante, "o ator disse à Donna Freydkin do USA Today.

Ele recebeu uma indicação ao Oscar em 2005 por O Segredo de Brokeback Mountain. Será que desta vez se sente diferente? "A última vez que fui indicado para um prêmio como este, foi tão avassalador e eu não sabia como processar. Eu posso ver que essas coisas são raras e nunca se sabe quando elas vão acontecer, então você tem para embeber-lo e apreciar cada momento ", diz Gyllenhaal. "Celebrar é algo longo, lento e sério para mim. Vou realmente aproveitar cada momento. Eu vou estar com minha família e estou animado para as festas de fim de ano. Eu não vou negar qualquer sentimento maravilhoso."


Jake em LA

Jake, ontem, dirigindo pelas ruas de Los Angeles:



Para ver mais: IHJ

Jake Gyllenhaal recebe indicação de melhor ator no Globo De Ouro

Nenhum comentário

Esta manhã, a Associação de Imprensa Estrangeira divulgou a sua lista anual de indicados ao Globo de Ouro. Jake Gyllenhall foi indicado ao prêmio de melhor ator em um filme na categoria comédia/musical por Love & Other Drugs:



BEST PERFORMANCE BY AN ACTOR IN A MOTION PICTURE -MUSICAL OR COMEDY

Johnny Depp, ALICE IN WONDERLAND

Johnny Depp, THE TOURIST

Paul Giamatti, BARNEY’S VERSION

Jake Gyllenhaal, LOVE AND OTHER DRUGS

Kevin Spacey, CASINO JACK

Anne Hathaway também recebeu a indicação de melhor atriz em um filme de comédia/musical por Love & Other Drugs:

BEST PERFORMANCE BY AN ACTRESS IN A MOTION PICTURE – MUSICAL OR COMEDY

Annette Bening, THE KIDS ARE ALL RIGHT

Anne Hathaway, LOVE AND OTHER DRUGS

Angelina Jolie, THE TOURIST

Julianne Moore, THE KIDS ARE ALL RIGHT

Emma Stone, EASY A


Curiosamente, apesar de já ter uma indicação de melhor ator coadjuvante pelo fiilme O Segredo de Brokeback Mountain, esta é a primeira vez que Jake é indicado ao Globo de Ouro.

A premiação será no dia 16 de janeiro.

Lista completa: Awards Daily News

Vídeos do anúncio dos indicados





Selma Blair relembra amizade com Jake

Nenhum comentário



A estrela de Hellboy II adora ganhar livros para ler e leva com ela o livro "Nine Stories" de JD Salinger dado à ela por Jake Gyllenhaal.

Falando sobre o livro, ela disse à revista britânica Elle: "Jake Gyllenhaal me deu há muitos anos porque é um de seus favoritos, e em troca eu dei-lhe uma edição de 'Till We Have Faces'".

"Eu tenho esse livro, talvez há nove anos, mas eu ainda levo ele em qualquer saco que eu tenho. Isso me lembra da amizade que eu tive com Jake e essas incríveis histórias deste autor que eu amo. "


Fonte: Iol

Novos posters

Posters de Love And Other Drugs versão francesa e britânica:

Francês:



Britânica:



Fontes: Trailer Addicted e flick and bits e

Uma nova data de estréia para Love & Other Drugs no Brasil

Nenhum comentário

Segundo o site Jake Ultimate, Love & Other Drugs tem uma nova data de estréia no Brasil, além de um cartaz brasileiro:



Sobre a data de estréia no Brasil

Inicialmente a data era 14 de Janeiro/2011. E recentemente o site omelete divulgou que seria no dia 21 de Abril/2011. O site oficial da Fox está com a data 28 de Janeiro.

Sobre título brasileiro do filme

Muitas vezes a tradução dos títulos acaba por ‘prejudicar’ na divulgação do filme. “Love And Other Drugs” em tradução livre é “Amor E Outras Drogas”, mas recentemente eu havia postado como nota que seria “O Amor E Outras Drogas: Uma História De Amor”. No cartaz brasileiro do filme, que vocês conferem ao lado, está “Amor & Outras Drogas”. Lembrando que o cartaz ao lado é o primeiro divulgado até agora aqui.

Primeiro trailer com legenda oficial

Foi divulgado também o primeiro trailer com legenda oficial, apesar de termos legendado, a da FOX tem as adaptações necessárias para sentido do filme, expressões que ficam melhor em nossa língua. O vídeo pode ser conferido aqui: FOX Brasil


Fonte: Jake Ultimate

Jake planeja ser roteirista no futuro

Em entevista à revista Glamour:

Jake Gyllenhaal sabe que ele tem um futuro incerto como ator e gostaria de passar a escrever seus próprios scripts.

A estrela de "Love & Other Drugs" está ciente de que sua carreira de ator nem sempre será bem sucedida, mas já tem um plano de back-up preparado para quando ele fica mais velho.

Ele disse: "Você está sempre querendo saber quanto tempo isso vai durar. É apenas uma parte ser um ator. Há sempre alguém mais talentoso ou mais novo que você...

"Mas eu também gosto de escrever. Nos próximos anos, eu acho que vou expandir isso. Eu não vou escrever para o próximo trabalho. Talvez eu vou criar algo para mim."

Talvez Jake poderia considerar escrever sua própria comédia depois de admitir que aceitou o papel como um vendedor de Viagra, que se apaixona por ums jovem com a doença de Parkinson - interpretada por Anne Hathaway - em 'Love and Other Drugs ", porque ele estava tão cansado da falta de filmes que combinam o riso e a emoção.

Ele disse à revista britânica Glamour: "Eu estou cansado de comédias que faz você rir, mas você não comprar o lado emocional.

"O filme tem um senso de comédia, mas também uma sensação de algo mais profundo, sobre as dificuldades de estar vivo."

Fonte: Music Rooms

Entrevista de Jake Gyllenhaal ao Daily Mail

Nenhum comentário

"É desconfortável quando você está nu no set, mas eu já fiz algumas coisas bem loucas", diz Jake Gyllenhaal



Vamos apenas voltar ao bom e velho filme que fiz - diz o homem que só fez um filme sobre um vendedor de Viagra.

"O que aconteceu com os filmes? Todos os filmes de Katharine Hepburn e Spencer Tracy sobre o amor? Quando eu assisto Rita Hayworth e Fred Astaire dançar eu penso, por que não temos mais filmes assim?

"Tantos filmes agora são sobre sexo e amor", continua Jake Gyllenhaal, olhando para mim com seus intensos olhos azuis. "Mas você realmente não vê os dois juntos. Eu quero o amor e o sexo em filmes para ser diferente do que tem sido. "

Isso não é conversa fiada. É um elemento-chave no novo filme de Gyllenhaal, que toma como ponto de partida o medicamento de prescrição que não deixa de levantar uma "titter", mas mudou milhões de vidas e ainda teve a aprovação real: ele recebeu um Prêmio da Rainha(Queen's Award) para a Empresa em 2001 .

A droga é o Viagra, e o filme é Love & Other Drugs. Ele é baseado na autobiografia Hard Sell: The Evolution of a Salesman Viagra de Jamie Reidy. O livro detalha as experiências do autor trabalhando na indústria farmacêutica apenas quando o Viagra se tornou a mais pílula mais comentada do planeta. Jamie trabalhou para a Pfizer durante um período em que a empresa estava gerando um faturamento de R$ 1 bilhão por ano a partir do seu novo produto mágico.

O filme é uma exploração verdadeira, instigante e muito divertida de amor e sexo, em que um relacionamento entre um vendedor de Viagra Jamie (Gyllenhaal) e Maggie (Anne Hathaway), uma mulher aparentemente confiante com o início precoce de Parkinson, desenvolve-se em amor.



"Jamie é o sedutor final e teria sido perfeitamente feliz a flutuar pela vida menos o peso da responsabilidade ou ficar ligado à alguém - até que ele conhece Maggie", explica Gyllenhaal.

"Não há muitas cenas de sexo no filme. Há muitas cenas de nós dois conversndo com a nossa roupa, antes ou depois, e eu acho que é mais real. Você não tem um lençol cobrindo os seios de Annie, porque as pessoas não tendem a fazer isso, você sabe o que quero dizer?" Ele sorri.

"É desconfortável quando você está nu no set, mas eu me sinto como um velho para isso neste momento. Já fiz algumas coisas bem loucas."

"Meus pais me ensinaram a sentir-me confortável com meu corpo. Disseram-me que há uma beleza em tudo o que você é. Também eu sinto que é muito importante para retratar o amor e o sexo de maneira correta. "

Ele ri. "Além disso, no nosso caso, nós já "fizemos sexo falso" no filme O Segredo de Brokeback Mountain. Então nós estávamos relativamente confortável. "

Gyllenhaal não responde se tomou Viagra como pesquisa para seu papel. Foi bastante difícil infiltrar no mundo feroz das vendas de produtos farmacêuticos - um círculo fechado.



"Eu me encontrei com médicos e representantes farmacêuticos, porque eu estava interessado em saber como o Viagra é vendido, mas foi realmente difícil", diz ele. "Ninguém queria falar muito, especialmente sobre empregos que são tão escassos nos dias de hoje. Eram muito mais reservado do que eu pensava que iam ser ".

Gyllenhaal diz que ele acha difícil ficar excitado em filmes que não misturam as coisas.

Aos 29 anos ele é mais conhecido por filmes intensos e inovadores - aqueles que também foram sucessos comerciais, tendo arrecadado um total de R $ 1 bilhão.

Houve o seu sucesso cult de ponta, o surrealista Donnie Darko. O Suspeito, com Reese Witherspoon, foi sobre a prática controversa de interrogar suspeitos de terrorismo no exterior. E o vencedor do Oscar O Segredo de Brokeback Mountain centrou-se na aff amor condenado entre dois cowboys, Gyllenhaal e o falecido Heath Ledger (com Anne Hathaway interpretando sua esposa).

Quando ele muda para um blockbuster de ação estranha, como a adaptação do videogame deste verão, Prince Of Persia, tudo muda, transformando-se numa pessoa musculosa completamente em desacordo com o embaralhamento de nerd Donnie Darko.

Na vida real, Gyllenhaal ainda poderia passar por um atleta. Ele tem 1,83 de altura e parece caber no jeans desbotados, botas marrom e uma camiseta preta esticada sobre um peito musculoso e ombros largos.

"Eu costumava ir ao ginásio. Eu não vou mais. Eu só gosto de ser ativo, suar a camisa. Se alguém diz: "Você quer ir fazer uma caminhada nesta montanha?" Eu vou lá e faço.

"Eu não tenho filhos, então eu ainda posso ser egoísta e dizer:" Eu estou indo e vou ficar na minha bicicleta por três horas. " Eu corro principalmente com bicicletas Trek - uma Madone. Eu corro em Manhattan. Você costuma chegar onde você está indo mais rápido, mas eu tenho ido a muitas reuniões suando, com as pessoas pensando que eu sou uma pessoa assustadora ".

"Lance Armstrong me viu falando sobre bicicletas em uma revista, me chamou e disse:" Você quer ir para um passeio? " E foi isso - nós pedalamos. Fiz muito café e usei aqueles pacotes energizantes e fui para lá. Eu acho que eu podia ter ficado doente no primeiro andar, mas fui com ele. Eu mantive com ele, mas eu não acho que Lance estava forçando bastante.

"Eu pedalava pela L'Alpe d'Huez, que é uma das etapas do Tour de France, e que foi uma subida muito intensa, um dos melhores passeios que tive em minha vida. E não há nada mais bonito do que correr através de sequóias no norte da Califórnia, um corte por dentro e fora das árvores de mil anos de idade."

"Eu definitivamente tenho um aspecto alfa-macho em mim, porque se eu ver alguém na minha frente, eu sempre tento alcançá-lo, mas a maior parte eu só gosto de estar só[Jake quer dizer que ele é alguém competitivo, se ele está numa bike e vê alguém na frente dele, ele vai fazer de tudo para alcaçá-lo e ultrapassá-lo, mas a maior parte do tempo ele deseja correr só]. É algo que meu pai incutiu em mim quando eu era um jovem garoto. Na parte da manhã antes da escola, ele me acordava e íamos correr juntos. Eu continuo a correr - quase descalço no momento - apenas curtindo estar físico, ser ativo e estar fora'.

É evidente que o ator independente é mais ligado à corridas do que à festas de celebridades. Gyllenhaal está realmente quieto e introspectivo pela natureza.

No final do ano passado, ele rompeu com sua namorada de longa data Reese Witherspoon, mas Gyllenhaal não vai discutir a separação, ou o fato do que está ocorrendo agora em sua vida, embora ele diga-me, "A família é ultimamente o que eu quero. Isso é tudo que importa para mim no final. "

Ele também diz que a amizade é importante. A morte prematura de seu amigo de O Segredo de Brokeback Mountain, Heath Ledger, em 2008, afetou-o profundamente.



"Eu sinto falta dele ..." Gyllenhaal pára no meio da conversa, emocionado.

"Havia uma intimidade que todos nós compartilhamos nesse filme - eu nunca havia experimentado nada parecido. Era apenas a gente por este rio em Calgary durante um mês, no meio do nada. Não havia hotéis para ficar, por isso vivámos em trailers lá fora na floresta. Gostávamos de fazer o café da manhã juntos, comíamos juntos e às vezes nós montávamos cavalos para o trabalho. Nós estávamos lá fora sozinhos e tudo que tínhamos era um ao outro. "

Gyllenhaal é padrinho de Matilda, filha de Ledger com Michelle Williams. Ele é, também, de um uma família de Hollywood - juntamente com sua irmã mais velha Maggie (indicada ao Oscar por seu papel em Crazy Heart).



Seu pai Stephen Gyllenhaal é um diretor, e sua mãe Naomi Foner é uma roteirista indicada ao Oscar. Ambos adotaram as dramáticas aspirações de seus filhos.

"Nós vivíamos no lado leste de Los Angeles entre Koreatown (um bairro etnicamente pobre) e Hancock Park (a área da moda). Meus pais eram muito consciente socialmente. Minha mãe estava sempre envolvida em trabalhos de caridade e ela nos levaria a nos envolver em lugares como o abrigo.

"Eles foram ovelha negra de suas famíliaa. Os pais da minha mãe eram médicos. Meu pai veio de uma pequena cidade na Pensilvânia. Todos eles queriam apenas escrever e fazer filmes. Nossa casa era como um circo com várias pessoas entrando e saindo. Steven Soderbergh(Diretor vencedor do Oscar) viveu num quarto acima da nossa garagem.

Gyllenhaal tem particularmente boas lembranças de Paul Newman.

"Eu tinha 14 anos quando minha mãe o conheceu quando ela estava escrevendo um roteiro para ele. Eu o conhecia mais por causa do molho de salada(Paul Newman possui um molho de salada com seu rosto que estão à venda nos supermercados americanos, sendo o dinheiro arrecadado para uma instituição de caridade), que é a grande ironia de diferentes gerações! Minha mãe tinha uma reunião com ele e ele disse: "Venha e me encontre na pista(pista de corridas), e traga o seu filho." Fomos e ele me colocou em um carro de corrida que estava envenenado(potente), me levou para uma derrapagem, deu um cavalo de pau e me ensinou o que não fazer. Foi extraordinário.

"Eu sou um pouco budista - em que eu acredito que, de alguma forma, que você escolhe sua família. Convenção nunca foi algo que interessou para minha família."

Poucas pessoas vão ter a menor dúvida disso, quando Gyllenhaal - tudo de Gyllenhaal - aparecer em Love & Other Drugs.

Fonte: Daily Mail, IHj e arquivo pessoal