Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Por que você não pode perder POP e fotos novas

Cinco razões para você não deixar de ver Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo:



‘Príncipe da Pérsia’, dirigido por Mike Newell, o mesmo de ‘Harry Potter e o Cálice de Fogo’, conta a história de um príncipe que veio das ruas. Na trama que estreia nos cinemas nesta quinta (3), Dastan (Jake Gyllenhaal) foi resgatado pelo rei Sharaman (Ronald Pickup) quando ainda era criança e cresceu como um nobre.

Criado com os mesmos direitos e deveres dos outros filhos do rei, Dastan não perdeu as características que encantaram Sharaman: coragem e bom coração. Depois de adulto, o príncipe adotado é acusado de assassinar o pai e, enquanto luta para provar sua inocência, é escalado para salvar o mundo da destruição, ao lado da princesa Tamina (Gemma Arterton).

Confira cinco razões para ver o filme:

- Segundo o produtor Jerry Bruckheimer, “a Pérsia antiga é um dos cenários mais maravilhosos que existem, pois o lugar tem uma rica herança de imaginação e fantasia”.

- Alfred Molina rouba a cena no papel do Sheik Amar e proporciona boas risadas. O ator descreve seu personagem dizendo que “seus métodos são incomuns e naturais, ele é basicamente um ladrão. Mas, apesar de começar como um garoto mau, Sheikh Amar se transforma em um relutante aliado de Dastan”.


- Com cenas de tirar o fôlego, Jake Gyllenhall põe em prática tudo que aprendeu nos treinos de parkour e lutas com espada. “Não há razão para fazer um filme como esse se você não é capaz de fazer as acrobacias”, diz Gyllenhall.

- As cenas finais abusam dos efeitos especiais. Gemma Arterton, que interpreta a princesa Tamina, diz que nunca tinha feito uma sequência de efeitos visuais antes e que descobriu que o processo é realmente longo. “Mas, quando você vê o resultado, ele parece mágico.”

- Gyllenhall diz que, quando aceitou estrelar o filme, acreditava que criar um personagem como Dastan poderia ser divertido e, ao mesmo tempo, um grande desafio. “Sempre adorei filmes cujo herói tem habilidades para fazer quase tudo, mas ainda continua um ser humano, em vez de se tornar um super-homem.”


Fonte: Veja São Paulo

Jake Gyllenhaal em Studio City, Califórnia

Jake deixando a academia, onde fez pilates, em Studio City, Califórnia.[03/06/2010]







Fonte: IHJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário