Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Nos sets de Source Code, Joe Namath, GQ Magazine e POP

Nos sets de filmagens de Source Code

Aqui está uma foto de Jake Gyllenhaal no intervalo de gravação de uma cena para o filme Source Code em Montreal:




Fonte: Gyllenbabble

James Mangold está cotado para dirigir a biografia de Joe Namath

A cinebiografia do lendário quarterback Joe Namath girou em torno de Hollywood por um tempo. Jake Gyllenhaal foi anexado ao papel principal há alguns anos, após o qual nada mais aconteceu. No entanto, com o ator muito mais alta agora do que era há alguns anos, o projeto está prestes a receber um outro nome aclamado para se juntar às fileiras.

O site Pajiba's Hollywood Cog relata que o diretor James Mangold está cotado para dirigir o projeto. O projeto está atualmente anexado à Universal que atrasou alguns dramas polêmicos, como "Cartel" de Josh Brolin e o filme de Paul Thomas Anderson sobre a Cientologia. Mas Namath é um ícone de todos os heróis americanos, e um filme sobre sua vida é bom, e com Gyllenhaal e Mangold anexados, pode ser facilmente transformado em uma isca para o Oscar.

O projeto conta atualmente com um script David Hollander, que foi roteirista de séries de televisão como "The Cleaner" e "The Guardian", mas antes que o filme comece a ser filmado, ocorrerá uma avialiação sobre seu trabalho.

Então, como é provável que isso aconteça? Bem Gyllenhaal está finalizando as filmagens de "Source Code" e pouco depois sua agenda será livre, assim como Mangold, que estava ligado durante muito tempo à "Murderball", a biografia de Dusty Springfield com Nicole Kidman.


Fonte: Playlist

GQ Magazine

Ontem eu postei alguns trechos da entrevista com Jake para a GQ Magazine, mas eu percebi que esqueci de colocar um trecho sobre Heath Ledger:

"Eu realmente não gosto de falar sobre isso. Esse período de tempo foi ... foi difícil. Ele era muito sensível. Ele não atuava durante vida cotidiana. Ele sabia quem ele era. Eu acho que os atores, muitas vezes, eles sabem como apresentar algo, e isso é parte de seus trabalhos. Acho que ele era apenas muito sensível. Muitas vezes nós fizemos um monte de coisas juntos, porque as pessoas estavam muito interessados nele e acho que nos sentíamos seguros em conjunto. Para um ator tão sério como Heath, ele era louco e engraçado. Dark, mas engraçado. Eu não acho que qualquer um de nós pode ver [Brokeback Mountain] hoje. Lembro-me de falar com Michelle muito recentemente e ela estava como, 'eu não sei se era bom ou não'.

Mesmo quando fizemos Brokeback e outras coisas, era como se meu trabalho era a única coisa que me importava. Era como se eu pudesse entender ou definir-me através dele. Vida, eu não compreendo totalmente. E eu acho que eu estava com medo da vida. E eu tive sucesso no meu trabalho, sucesso suficiente para que eu pudesse continuar lá. Mas depois do que aconteceu [morte do Heath]... Eu acho que reconheci que era o trabalho. E reconheci que o real[vida] é o que importa."


Fonte: Gyllenbabble

Novo featurette de Príncipe da Pérsia

Mesmo vídeo de ontem, para as pessoas que tiveram dificuldade para ver:



Fonte: Trailer Addicted

Um comentário:

  1. Jake novamente envolvido com futebol americano. Acho filmes sobre futebol americano chatos hahahahaha mas vamos esperar esse para ver.

    ResponderExcluir