Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Jake Gyllenhaal fala sobre Heath Ledger

Durante uma entrevista para a NPR, Jake Gyllenhaal falou sobre como a morte de Heath Ledger o afetou:


Jake Gyllenhaal esteve recentemente no programa "Fresh Air" da NPR para falar sobre seu novo filme "Southpaw ", mas a conversa logo se seguiu para a morte de seu colega de " Brokeback Mountain" Heath Ledger , o que levou o ator a explicar como essa perda mudou suau perspectiva sobre Hollywood.

Gyllenhaal e Ledger atuaram como amantes reprimidos e separados no drama romântico de 2005. Ledger morreu em 2008, e depois de ouvir um clipe do filme, Gyllenhaal admitiu que ouvir a cena despertou algumas memórias do trabalho no filme premiado com o Oscar.

"Isso me lembrou daquela cena com Heath, e a honra que foi trabalhar com ele, e a beleza de sua obra. Eu sinto falta dele como um ser humano, e sinto falta de trabalhar com ele. E o que uma coisa lamentável é que não vamos mais ser capazes de ver a beleza de suas expressões", disse Gyllenhaal.

"Ele foi incrivelmente especial, e que não chega nem perto de encapsular quem ele é - quem ele era," Gyllenhaal acrescentou, revelando que perder um amigo tão próximo de uma idade semelhante ajudou a mudar suas prioridades.

"Eu acho que é por isso que gosto de sair e gosto de tentar e entrar em mundos que vão me acordar ... Eu estou tentando estar presente onde estou. Eu estou tentando ter relacionamentos que são tão reais como eles podem ser em um set de filmagem [e] estar perto de pessoas, porque eu sei que é precioso. E sei que não só pode esta carreira terminar em um período muito curto de tempo e isto ou aquilo pode acontecer, mas também que a vida é preciosa ", observou. "E eu acho que perder Heath - e sendo uma parte de uma família que era algo como esse filme que nós fizemos juntos - faz você ver, faz você apreciar isso e ter esperança que você fique longe das coisas que realmente não importam paras coisas que importam ".

Gyllenhaal também lembrou as reações que ele e Ledger receberam por serem atores heterossexuais que interpretaram papéis gays depois que eles foram anunciados: "Foi fascinante, especialmente porque não acho que nós sabíamos o sucesso que o filme seria, o que se tornaria. Era uma coisa íntima e realmente assustadora para mim e Heath, em particular, mergulhar nisso. Era desconfortável para nós dois em algumas das cenas, apesar de que ambos profundamente acreditavam no que o filme estava dizendo."

Fonte: variety



A entrevista completa para a NPR: ..

Entrevista no Jimmy Fallon

Jake Gyllenhaal foi um dos entrevistados na segunda-feira do programa do Jimmy Fallon. A entrevista pode ser vista aqui: videos.iheartjake

Entrevista:


  • A entrevista começa com Jimmy fazendo piada com a barba de Jake Gyllenhaal. "Essa barba não é como se eu tivesse perdido a eleição como Al Gore, é apenas uma barba regular". Você chama atenção com essa barba? Com certeza. Olhe para mim um ator com uma barba. Atores sérios tem barbas. Isso é para um papel? Sim, é para um papel. Para um filme muito muito sério. Para o filme mais sério.
  • Jimmy mostra para Jake uma foto de um paparazzi que mostra ele coçando a costa com um garfo, que é grosseiro(uncuth). Jake diz como eles podem chamá-lo de uncuth depois de tirar uma foto dele pelas costas. Jimmy o presenteia com um garfo feito especialmente para ele.
  • Clipe do filme Southpaw.
Slapjack com Jake Gyllenhaal:

Jake permaneceu no programa durante a entrevista do ator Josh Gad, que interpretou o irmão de Jake em Amor & Outras Drogas.

Todos os vídeos no link que postei.

Algumas fotos:








No programa do Jon Stewart:



Ainda não tive tempo de ver a entrevista.

Kelly e Michael:



Kelly: Ele é um dos homens mais bonitos de Hollywood, talentoso. Por favor, seja bem-vindo, o incrível Jake Gyllenhaal. 

Jake: Oh, meu Deus. Oi.

Kelly: Oi. Como você está?

Michael: O que foi?

Kelly: Posso tocar sua barba? Oh, ele é macia. Condicionador?

Jake: Não, eu não sei, na verdade. É genético.

Kelly: Wow. Você é perfeito, não é? Você é.

Jake: Totalmente perfeito, sim.

Michael: Como está indo o seu verão, homem? O que você tem feito?

Jake: Apenas falando muito sobre o filme

Kelly: Você é tão incrivelmente apto para isso, a propósito, quero dizer, eu sei como você é apto naturalmente, mas você tem essa coisa incrível, onde você é um transformador. Você é um desses atores incríveis que, quero dizer, filme a filme, eu não reconhecê-lo.

Jake: Bem, quero dizer, euinterpreto um boxeador neste filme, então, você sabe, você não pode ir para o ringue e não ser visto como você sabe não o que está fazendo.

Kelly: Ah, realmente? Porque eu vi algumas lutas de boxe onde eu aquele cara é um boxeador?

Michael: Mas você faz isso parecer tão fácil. Como você foi capaz - como "Nightcrawler," você estava muito magro. E neste filme, você está musculoso;

Kelly: Aterrorizado seria se eu treinei você, sabe?

Kelly: Boa idéia. Essa é uma ótima ideia.

Jake: E eu aprendi a lutar boxe. Você sabe, tão bem quanto eu poderia.

Kelly: E quem era o seu treinador, como o seu treinador de boxe?

Jake: Bem ali, Terry é o seu nome.

Kelly: Será que ele treina, você sabe, lutadores de verdade?

Jake: Ele treina lutadores de verdade. Ele tem treinado ele.

Kelly: Denzel Washington é um ator.

Jake: Não, mas ele não treina apenas lutadores profissionais.. 

Michael: Mas eu estou curioso, você acha que poderia ser um verdadeiro lutador, agora que você já passou pelo treinamento? Você acha que você realmente pode lutar?

Jeak: Eu não sou um lutador profissional. Eu não acho que eu iria sobreviver.

Kelly: Por que você não pensa assim?

Jake: Uma luta amadora, se eles fossem realmente ruins, então, sim, com certeza. Como um lutador amador sem braços.

[Risos]

Jake: Eu definitivamente iria vencê-los, sim.

Kelly: E você cantou em a "Pequena Loja dos Horrores", onde um grupo de meus amigos foi e disse que você é,claro, incrível. O que você não pode fazer?

Jake: Um -

Kelly: Tem que ser alguma coisa.

Jake: Lutar boxe muito bem, provavelmente.

Michael: Você faria um filme musical?

Jake: Absolutamente. Sim, eu absolutamente amaria fazer isso.

Michael: Eles querem ver você fazer isso.

Jake: que filme seria?

Michael: Qualquer filme musical onde você tire sua camisa, eles seriam oh!

Kelly: Yeah. Parece que está tudo nu, o tempo todo.

Jake: Claro.

Michael: E você interpreta um baixo e fora boxer, billy "the great" hope. E você é o centro e a luz do que apenas o seu boxe. É sobre a relação entre pai e filha, sobre a família, e sobre um retorno.

Jake: Sim, é tudo sobre o pai e a filha. É sobre o que você luta para sua família, o que você sacrifica para sua família. Quero dizer, essa é a razão pela qual eu fiz o filme.

Kelly: O filme é um verdadeiro - para mim, de qualquer maneira, quando eu vi, é uma montanha-russa emocional. Há altos e baixos altos baixos e tudo mais, e eu só acho que você é incrível nele.

Jake: Obrigado. Minha irmã viu na outra noite e ela estava chorando todo o filme, e você vê partes do filme e você vai, oh, é um filme de boxe, isso e aquilo. E todas as mães que eu conheço sempre gostam - Quero dizer, é tão - é tão emocional.

Michael: Eu não sou uma mãe, man, mas você me tocou aqui, tudo bem? Eu vou ser honesto com você. É aquele filme que leva você ... Eu estava em lágrimas pulando do assento e gritando e animado. Você é fenomenal neste filme.

Jake: Oh, muito obrigado, cara. Muito obrigado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário