Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Primeiras críticas do filme Southpaw

As primeiras críticas do filme Southpaw elogiam Jake, mas não o filme:



Screen Daily: Jake Gyllenhaal traz simpatia e compromisso com um papel cru, mas apesar de um forte elenco de apoio o diretor, Antoine Fuqua, nunca transcende completamente o lado corajoso, insípido melodramático. Muito do que deveríamos nos importar, o coração e as performances foram jogados em um material muito familiar .... Sem dúvida, haverá uma abundância de artigos detalhando o treinamento extenuante que Gyllenhaal passou para se preparar para este papel exigente. Gostaria que ele tivesse mais para mostrar.

Variety: Você pode praticamente sentir o cheiro do sangue, o suor e o compromisso feroz, passando pelo corpo musculoso e tatuado de Jake Gyllenhaal em "Southpaw", um melodrama sem rodeios sobre um boxeador campeão forçado a passar por um sofrimento físico, emocional e espiritual . No entanto, a intensidade inegável de Gyllenhaal, o desempenho de método pode deixar você sentir mais atacado do que convencido neste conto sobre redenção, no qual o diretor Antoine Fuqua mais uma vez demonstra o seu fascínio com a agressão masculina, violência extrema e não muito mais. Com a história sobre ascensão-e-queda-e-ascensão trajetória, esta produção,  tem suficientes golpes viscerais para atrair o público no dia de seu lançamento, 24 de julho, mas parece menos susceptível de atingir o status de sucessos como os superiores "Menina de Ouro" e "O Vencedor".

The Hollywood Reporter: Um fio de boxe tenso sobre um campeão que perde tudo e tem que lutar para voltar aos trilhos para manter a custódia de sua filha, "Southpaw" se apoia  em algo já testado e experimentado pelo gênero, mas um elenco liderado pelo formidável  Jake Gyllenhaa mantém a história em foco nítido. Diretor Antoine Fuqua mostrou seu talento para trazer à tona o lado sombrio de caras legais como Denzel Washington em "The Equalizer" e "Dia de Treinamento". Aqui Gyllenhaal recebe o mesmo como um premiado-lutador ensanguentado, maltratado, mas magnético. Com lançamento previsto para julho depois da competição no Festival de Cinema de Xangai, tem tudo par atrair os homens, mas se sente muito centrado no público masculino para atingir o público de Menina de Ouro. Um Gyllenhaal digno de prêmios é a atração principal.

The Wrap:
O filme em si não pode evitar alguns dos clichês de filmes de boxe que temos vindo a conhecer (e às vezes amar) ao longo dos anos: há o boxer retornando às ruas onde ele cresceu, o campeão falando merda, o veterano treinador para dar a seu menino mais uma oportunidade. Sim, já vimos isso antes, e sem dúvida vamos vê-lo novamente. Mas, mesmo quando seus golpes estão sendo calculados, Gyllenhaal ainda bate forte o suficiente para justificar a conversa sobre prêmios.

Fonte: indiewire

Novo Spot:


Jake começou a promover o filme na Europa. Primeiro ele foi para França, Espanha e agora ele está em Londres:







Ontem, num restaurante e nas ruas de Londres:



Fonte: dailymail

Nenhum comentário:

Postar um comentário