Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Tradução da entrevista na Esquire Magazine - 2ª Parte

Segunda parte da entrevista com Jake Gyllenhaal para a revista Esquire. A primeira poderá ser encontrada na postagem anterior.

A parte que postei pertence a este scan:





Como fazer uma cena de sexo

Mesmo os atores - por natureza, o não mais inibido grupo - podem obter um afrontamento quando são solicitados a realizarem na frente da câmera um nookie[relação sexual]. Mas quando se trata de fazer amor com uma linda atriz em uma sala cheia, Jake Gylllenhaal tem isso na ponta da língua. Estas são as suas dicas.


1. Lembre-se - Uma cena de sexo é sempre uma cena de sexo

O público têm dificuldade em aceitar que essas cenas não são, em certo sentido, real, que você não está aproveitando o que você sabe. Acredite em mim, isso é atuação. Com certas mulheres tem que ser. Eu já trabalhei com atrizes que olharam para mim e disseram, "Oh, bem ... eu fingi antes."[Jennifer Aniston falou isso para ele durante as filmagens de Por Um Sentido na Vida]. O que aconteceu comigo e com Annie [Hathaway] foi, Ed Zwick[diretor de Love And Other Drugs] nos mostrou uma série de filmes diferentes, onde sexo e nudez tinham sido utilizados de maneiras que ele pensava que eram muito provocante ou não provocaante o suficiente ou simplesmente falso ou real demais. Nós vimos aquele filme do Michael Winterbottom, Nine Songs[Nove Canções], onde eles[os atores] realmente tiveram relações sexuais durante as filmagens. Nós conversamos sobre o que pensávamos que era "sexy", sobre quais eram as coisas que nos interessava, e a discussão tornou-se bastante íntima um com o outro.

2. Conheça sua parceira. Isso irá ajudar. Um pouco

Annie e eu já tínhamos feito sexo em um filme [O Segredo de Brokeback Mountain]. Veja, é desconfortável, não importa o quê. Há pessoas em volta, a coisa sobre qualquer relação íntima é que, geralmente, na maioria dos casos, não há uma equipe de filmagem envolvida. Há algo em como Annie e eu trabalhamos que é naturalmente musical. Tudo é ritmo. Tem um ritmo para escrever, um para esportes e outro para sexo."

3. Aceitar o fato de que o sexo pode ser divertido

Isso é divertido. Sexo deve ser. Neste filme, Annie e eu faremos você se sentir inábil.

4. Ter um advogado decente na mão

Quando nós falamos sobre isso pela primeira vez, eu lembro de Ed dizendo " Eu estou indo para fazer qualquer coisa contratualmente que vocês precisam contratuaalmente." E em seguida Annie veio sobre e a discussão de nós três foi, "Ouçam, nós precisamos nos abrir para você. Nós queremos ter uma aprovação sobre as coisas que nós não vamos fazer você se sentir confortável, e se nós tivermos isso, nós seremos capazes de sermos livres." E a ironia disso é que nenhum de nós dissemos o que particurlamente não gostamos em uma cena o sequência. Até o final disso eu estava nú muitas vezes no filme. Eu estava nú mais do que o corte final. Um director's cut[versão do diretor]? Eu não faço idéia de como seria classificado.

5. Colocar tudo para fora. Isso vai fazer você se sentir melhor do que espera

Ed estava um pouco assustado sobre[meu físico após Príncipe da Pérsia]. Ele era como, "Você não está indo com esse corpo[filmar Love And Other Drugs], você está? Era bom apenas ser eu mesmo, nú... Normamelmeente havia uma grande intimiade etre a equipe, um verdadeiro respeito, particularmente por Annie, por ser mulher, acho que é mais difícil. Ela disse em certo momento: 'bom, nós dois estamos sem blusas e mostramos nossas bundas. E eu, tipo: 'hum, mas é um pouco diferente para você'."

6. Não traga sua vida pessoal para o trabalho

Teve dias em que eu estava de mau humor. Eu ia para o set e alguma coisa tinha ocorrido e eu estava lidando com coisas normais da vida, e eu tinha que seduzir alguma enfermeira em uma cena. E eu estava desejando estar numa cena em que eu tinha que bater a cabeça contra a parede. Mas a verdade é que eu tinha que convencer uma enfermeira para deixar eu entrar em sua sala. E para mim, encontrar isso em você durante esses momentos, também, tem que ter certa habilidade.


Tradução: Gyllenhaalics e o scan é uma cortesia do site IHJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário