Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

O Suspeito

Aproveitando as novas, mas antigas imagens do filme O Suspeito postadas esta manhã na galeria do site IHJ, resolvi postar uma crítica do filme do jornal O Estadão. Queria postar uma entrevista com Jake, mas meu tempo não permite.

Não é um dos melhores filmes de Jake, mas é um que tem um dos temas mais interessante:

'O Suspeito' reflete a luta dos EUA contra o terror

O que acontece quando o combate ao terrorismo põe em risco as garantias individuais? É uma questão que tem atormentado os cidadãos norte-americanos mais conscientes e aparece como tema deste bom longa-metragem de Gavin Hood, O Suspeito. O Patriot Act, instrumento aprovado pelo Congresso americano após os atentados de 11 de setembro de 2001, permite medidas excepcionais no combate ao terrorismo. Entre elas, a que vem mencionada no filme de Hood - um suspeito, de origem estrangeira, pode ser tirado clandestinamente do território americano para ser interrogado em seu país de origem. Os "métodos" de interrogatório são aqueles que já se conhece.



E é a essa metodologia que é submetido o egípcio residente nos EUA Anwar El-Ibrahimi (Omar Metwally), que volta de uma viagem à África do Sul, é seqüestrado em solo americano e vê-se mandado para uma cela infecta em outro país. Anwar tem a má sorte da origem muçulmana e de ser um químico brilhante e com experiência em explosivos. Tudo depõe contra ele e quem o interroga quer saber de suas supostas ligações com uma rede terrorista.



O filme é baseado nas questões éticas que estão sendo discutidas pela parte mais esclarecida da opinião pública norte-americana. A funcionária da CIA, Corrine Whitman (Meryl Streep), representa a face inflexível da Realpolitik - faz-se o que deve ser feito e as perdas humanas devem ser consideradas numa relação de custo e benefício. Rose Whiterspoon interpreta Isabella, a esposa grávida de Anwar, que procura localizar o marido desaparecido.



Já o agente Douglas Freeman (Jake Gyllenhaal) é uma espécie de consciência em crise do sistema. Ele é designado para acompanhar o caso pessoalmente e se mostra em dúvida diante do que vê. Não se trata de um olhar inocente. Ele mesmo testemunhou um amigo morrer num atentado, mas talvez não se sinta à vontade diante de tais métodos. E tem sérias dúvidas sobre a culpabilidade de Anwar.



Confrontados com quem os ameaça, os Estados têm formas de reação diversas. O Estado brasileiro, em 1968, baixou o AI-5 e colocou a sociedade inteira sob seu tacão. A França torturou durante a Guerra da Argélia. A Itália combateu as Brigadas Vermelhas e a Alemanha o grupo Baarder Meinhof sem se arquivarem as garantias democráticas. Há quem veja no Patriot Act uma espécie de AI-5 à americana. Alguns deles estão alarmados e o filme de Gavin Hood (mesmo diretor de Tsotsi) testemunha essa inquietação. L.Z.O.



O Suspeito (Rendition, EUA-África do Sul/2007, 120 min.) - Drama. Dir. Gavin Hood. 14 anos. Cotação: Bom


Fonte: O Suspeito

Para ver mais imagens: IHJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário