Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Dan Gilroy revela oito segredos de O Abutre

Cuidado com os spoilers!!!


O espelho quebrado



"Todas as cenas dentro do apartamento de Lou foram filmadas em um dia. Na verdade, era menos que um dia porque nossa cronograma ficou muito apertada. Então, Jake, nosso diretor de fotografia Robert Elswit e eu sabíamos que tínhamos que filmar algumas coisas no apartamento, mas não estavam totalmente no roteiro. Nós sabíamos que precisávamos dele assistindo TV, mas precisamos dele molhando as plantas, indo para a cozinha, ir ao banheiro, esse tipo de coisa.

Então, quando chegamos no banheiro já era muito tarde da noite, e estávamos filmando nesse há 14 horas. Jake estava no banheiro, e seu personagem naquele momento da história estava chateado porque Nina (Rene Russo) gritou com ele e Lou ia reagir a isso em algum grau. Então, quebrando o espelho não foi planejado - Jake apenas bateu no espelho, e pensei que nada estava errado até ele sair e mostrar que cortou o polegar da mão esquerda, cortando um pouco de pele, talvez uma polegada e meia de comprimento e uma polegada de diâmetro. Foi extremamente sangrento.

Já era seis da manhã quando fomos em direção ao hospital Cedars-Sinai. O neurocirurgião precisou fazer 44 pontos para costurar a mão de Jake, e sete horas depois, estávamos de volta para filmar a última noite de toda a filmagem. As duas últimas cenas que filmamos, com a mão em um molde, foram as cenas no ferro velho, e se você notar que ele está com as mãos atrás das costas.

A abertura no ferro-velho



"Jake decorou o script como uma peça de teatro, ele sabia os monólogos inteiros de trás para frente. Então, eu era o beneficiário total do compromisso de Jake. Ele começou a memorizar o roteiro dois meses antes da filmagem começar, e eu chequei com ele a cada dois dias, e ele começava a recitar estes longos monólogos. Eu estava tão sensibilizado e, bem, animado, ao saber que apenas um mês antes de começar, Jake tinha memorizado todo o roteiro. Isso nos permitiu fazer muito: para jogar no set. Tudo que você precisa fazer quando você está gravando um filme é ganhar tempo para os atores para fazer tantas coisas diferentes o quanto puderem ou o desejo de fazer, e se você não está se preocupando com o ator lembrando as falas, você pode começar a passar por estas cenas de uma forma eficiente em termos de tempo. Jake nos deu essa capacidade. Jake nos deu esse presente, esse dom de muito mais tempo para experimentar e explorar.

A fala "Meu lema é, se você quiser ganhar na loteria você precisa ganhar dinheiro para comprar um bilhete" assumiu uma vida própria. Eu acho que é em parte por causa deste trailer viral, que foi idéia de Jake. Durante as filmagens, ele amava aquele discurso no ferro-velho, ele disse: 'Se alguma vez nós tivermos um minuto ou dois, podemos filmar e fazer o monólogo em lugares diferentes? Dessa forma, podemos usá-lo no marketing ... "

Assim, após o fim das filmagens, editamos juntos este trailer viral do YouTube, usando cinco versões diferentes do Jake fazendo esse discurso em diferentes locais.

Lou entrar ilegalmente em uma casa pela primeira vez



"Foi idéia do Jake perder mais de 10 quilos. Duas semanas de filmagem, nós estávamos falando sobre o cabelo para a personagem. Eu sempre imaginei que o cabelo seria curto, militar, mas Jake disse, 'Eu estou com o cabelo mais longo, por que não podemos ficar com ele?' Então, uma semana antes das filmagens, ele disse, 'E se toda vez que eu cometer um crime, posso fazer um coque?' Tudo faz sentido agora, e isso pode até parecer uma escolha inteligente, mas havia pessoas no momento que foram muito contra ele. 'Parece absurdo, parece estúpido, o que está acontecendo?' E já que Jake era tão respeitoso sobre meu script, como disse, eu era extremamente respeitoso do processo criativo de Jake. Este é um ator que está trazendo um estudo de personagem muito original para a vida e não estava indo para colocar os freios."

Oferta de emprego de Joe Loder à Lou


"Aquela cena em que Joe (Bill Paxton) oferece Lou um trabalho era muito divertido de escrever. Eu amei o personagem que Bill interpretou. Eu sempre imaginei o personagem de Bill, Joe Loder, como T1, e Lou é o novo modelo evolutivo, T2. Aqui é Joe Loder em toda a sua maldade, e já vimos essa nova criatura que veio para usurpar-lo. Então, vi isso como uma coisa evolutiva. Ele não entende o quão longe Lou pode ir, é além da compreensão, [e] ele é literalmente cego.

Quanto sobre filmar a cena, Bill Paxton teve um problema de riso depois do primeiro take. Ele veio até mim e disse, 'Oh meu Deus! Jake está agindo totalmente louco, isso é selvagem !" Literalmente, provavelmente meia dúzia de vezes. "Estou tendo problemas para manter uma cara séria!' Ele é um cara engraçado, Bill.

A casa em Granada Hills


"Olhamos para cerca de meia dúzia de casas antes que encontramos uma. Essa casa fica mesmo no vale, em Granada Hills, e amei o caminho que percorremos até a estrada, o que não estava, na verdade, no script. Ele tinha essa, a qualidade mágica, mística, como você entrou toda essa violência. A casa do lado de fora é extremamente visual, e no interior o sangue se destacou tanto no tapete branco. Nós tivemos que "re-tapetar" totalmente aquela casa porque usamos tanto sangue lá. Custou US $ 10.000 para substituir tudo. 10.000 dólares em um tapete branco porque nós basicamente destruímos tudo.

Mas a chave para que a cena foi Robert Elswit, o nosso diretor de fotografia, andando com Jake e eu, impedindo a tudo. Eu acho que foi idéia de Robert, para filmar quase que inteiramente no rosto de Jake, e seus movimentos, ao invés de focar no sangue e na violência. Foi um toque muito inspirado, e uma chave para muitas das decisões que se seguiram, então foi uma colaboração entre nós três. Nós só realmente vimos a violência através daquele pequeno visor nesta câmara. 'O que está acontecendo? O que ele está olhando? " Isso torna o espectador cúmplice do que está acontecendo.


A cena do jantar



"Nós tivemos um dia inteiro para a cena do jantar. Passamos mais horas trabalhando naquela cena do que qualquer outra no filme. Ao fazer um filme, há algo chamado 'dinheiro de contingência' e quando você gasta a mais é chamado de 'queimar'. Nós queimamos mais naquele dia do que qualquer outro, porque eu só queria manter rolando. Em termos de escrevê-lo, o que eu gostei sobre a estrutura da cena era pegamos dois personagens que pensávamos que sabíamos no início da cena - Nina é uma mulher profissional, forte, no controle e Lou é incapaz, irritante, perturbado - e ao longo da cena, essas duas fachadas começam a cair. Nina se revela como alguém que é extremamente vulnerável e Lou revela ser um monstro brilhante. Eu gostei de como o poder se deslocou completamente naquela cena.



A cena do lado de fora da lanchonete



"A sequência da filmagem de fora, novamente, era algo que Robert e eu bloqueamos no total. Tudo a partir do outro lado da rua, a partir dos ombros de Lou e Rick (Riz Ahmed), é tudo a partir de seus visores. Quando nós aparecemos para filmar, todos os dublês e todos os caras da câmera estivam dizendo: 'Onde estão as câmeras dentro da lanchonete? E nós dissemos: 'Não vai ter qualquer câmera dentro da lanchonete'."Eles não conseguiam entender como o maior gasto do filme foi todo filmado do lado de fora. As pessoas estavam muito surpresos com a maneira que nós filmamos. Até a filmagem, observamos a ação de todos esses pequenos visores.



A perseguição de carro


"Jake fez uma tremenda quantidade de direção no filme. Ele dizia: 'Eu quero isso na fita, manter a cena, manter a cena'. " Ele ia de 130 ou 140 por hora em uma estrada fechada em Los Angeles. A cena no final da perseguição, quando o Challenge bate e gira? Isso foi Jake dirigindo. Ele é um grande motorista.

A perseguição de carro foi uma grande parte do nosso orçamento. Havia um homem de conluio em um SUV preto que está realmente dirigindo aquele carro quando se choca com o carro estacionado a 110 por hora. Esse cara, Mike Smith, é um diretor de segunda unidade, e fez todo o trabalho em Need For Speed, ele tem esse incrível grupo de motoristas - Jake, neste caso, sendo um deles ...


Fonte: empireonline e tumblr

Os gifs não são meus, mas foram tirados do tumblr.

No sábado, Nightcrawler ganhou os prêmios de melhor roteiro original e melhor primeiro filme. 



3 comentários:

  1. Belo trabalho, amo o Jake e amo saber que existe pessoas como você que dedica um tempinho para postar materias sobre o trabalho e vida pessoal de Jake para os fans Brasileiros, Com certeza Jake precisava saber da existência desse site e conhêce-lá pessoalmente. Obrigado por escrever belamente e compartilhar conosco esse site! Very good girl! Love It!

    ResponderExcluir