Seja bem vindo ao Gyllenhaalics, um blog totalmente dedicado ao ator Jake Gyllenhaal, que é conhecido por grandes filmes como Donnie Darko, Soldado Anônimo, O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco, O Abutre e muitos outros. Obrigado pela visita e aproveite!

Produced by: New York - Conversa com Jake Gyllenhaal

Jake Gyllenhaal foi entrevistado esta manhã pelo ex-chefe do PGA e produtor Hawk Koch na primeira edição do PGA Produced by: New York. Abaixo alguns trechos da conversa:



Lembrando que Gyllenhaal já é uma estrela de cinema com certificado (com uma indicação ao Oscar por Brokeback Mountain até o seu "desempenho surpreendente" em Nightcrawler ) Koch começou por perguntando-lhe sobre, com todos os problemas relacionados com o trabalho, porque se tornar um produtor?

"Eu acho que as dores de cabeça e desgosto são parte de qualquer trabalho, se você colocar toda a sua alma nele," Gyllenhaal respondeu. "Eu cresci com meus pais por trás das câmeras e que era a língua que eu sabia. Foi só depois que me tornei um ator. Eu tenho memórias fascinantes entre o atrito dos atores na frente e das pessoas por trás das câmeras, e com o balanceamento de todos os problemas entre os dois."

Em Nightcrawler, ele tinha desafios que incluíam um baixo orçamento de US $ 8 milhões e uma curta filmagem. "Eu memorizei o filme como uma peça", disse ele. "Eu era ágil o suficiente para saber que teríamos três tomadas para fazer isso porque nós teríamos quatro companhias em uma noite. Estranhamente, o que iria acontecer, você estaria nestas reuniões e eu sei que eu estava pronto como ator para ir".

"Estávamos decidindo qual empresa iria financiar o filme, mas isso foi quando eu vim com uma. Nós todos chegamos à conclusão de que Bold seria a opção certa. E, depois, vendemos os direitos estrangeiros em Toronto. Nós comercializamos o filme e vendemos o filme no mercado interno em Cannes. Fizemos os solilóquios na câmera; Bold vendeu todo filme comigo falando diretamente para a câmera."

Questionado sobre o que o leva a um projeto, Gyllenhaal falou como o filho de um diretor e uma roteirista que ele, de fato, é. "Eu nunca li um roteiro como um ator", disse ele. "Isso é provavelmente um problema. Minha mãe [Naomi Foner roteirista de Running on Empty ] sempre me ensinou que a história é rei. Eu sempre leio os scripts pela primeira vez a partir de um ponto de vista da história."

Koch perguntou à Gyllenhaal para responder sem pensar muito com quem ele mais gostaria de trabalhar, como ator ou produtor. Gyllenhaal levou alguns segundos de qualquer maneira e, em seguida, respondeu: "Denzel Washington, como um ator." Como produtor? "Eu vou deixar por isso mesmo", respondeu ele.

Como eles estavam falando à  uma multidão da indústria, Koch deu à Gyllenhaal uma oportunidade para abordar produtores sobre trabalhar com atores e atores sobre trabalhar com produtores, e ele não decepcionou.

Seu conselho para ambos, segundo ele, é "Não tome isso pessoalmente. Todo mundo tem uma agenda e sua agenda deve ser respeitado. Atuar é uma profissão imatura e egoísta, mas por outro lado ele também pode produzir uma grande empatia. É tudo sobre o comportamento humano. Esteja ciente de seu lugar na grande família que é fazer um filme. Lembre-se que o filme em que está a trabalhar tem estado em desenvolvimento há anos e tudo levou a esse momento".

Os produtores, segundo ele, precisam se ​​lembrar que atuar é "um trabalho extraordinariamente sensível". Ele lembrou disso ao trabalhar com Michael Peña nas cenas finais de End of Watch , durante uma pausa, a produção estava sob pressão, "estávamos correndo por causa do dinheiro ", e Peña "percorreu todo o caminho até o final do beco. Eu disse: 'por que você está andando tão longe? " Ele disse: 'É como um animal, como persuadir um tigre na selva ", falando sobre como atuar. '' Eu preciso manter o tigre quieto. É uma coisa estranha", disse Gyllenhaal, "evocando sentimentos em meio a todo esse caos. É mágico e de alguma forma nós mesclamos essas duas coisas - a sensibilidade e o coração que é preciso para fazer ambos os trabalhos. Eu acho que eu estou falando de vulnerabilidade."

Fonte: deadline 
Foto: NoraSkinner

Depois dessa entrevista, Jake seguiu para Boston, onde fez uma aparição surpresa em uma exibição avançada para o público:







Não parou por aí, depois Jake seguiu para Fialdélfia, onde também fez uma aparição surpresa em uma exibição avançada de Nightcrawler:





Fonte: SeeNIGHTCRAWLER

Entrevista para a ABC News

 


Pior tio?
Jake Gyllenhaal falou ao USA Today sobre o dia em que ele foi o pior e melhor tio:


Todo pai sabe: há presentes e há presentes irritantes.

Há presentes que fazem barulho, e aqueles que ocupam uma quantidade insana de espaço.

E depois há os presentes que fazem as duas coisas.

A moral desta história é: Pense duas vezes antes de convidar Jake Gyllenhaal, tio coruja de Gloria e Ramona a festa de aniversário dos seus filhos.

"Eu comprei tantos balões para o aniversário de oito anos da minha sobrinha - Eu me senti muito mal", lembra Jake. "Eu sabia que não seria eu levando para casa. Eu literalmente trouxe 45 balões. O meu cunhado era como, 'Obrigado'. No dia seguinte, perguntei à minha sobrinha, onde todos os balões estavam. Ela disse: "Eles estão em toda parte."

fonte: usatoday

Pra encerrar, um vídeo do Jake gravando cenas para Demolition:


2 comentários:

  1. Monica ,vi num site que Nightcrawler estreará 25 de dezembro aqui no Brasil e realmente acho estranho um filme que chegaria em novembro não ter nem cartaz brasileiro ,só o nome .

    ResponderExcluir
  2. Film B está dizendo que o filme foi adiado para 11 de dezembro: O Abutre

    ResponderExcluir